Chega de Rússia, vamos voltar para o Brasil

159
Maracanã Brasil

Por um mês o mundo do futebol ficou de olho na Rússia e nada mais. A partir desta segunda-feira, a Argentina caindo aos pedaços, Neymar rolando no chão, a ótima geração belga e a França bicampeã não importam mais tanto. E para nós brasileiros, é como sair de uma caverna e notar que o mundo está igual, mas também um pouco diferente.

No caso o mundo é o futebol brasileiro. Sim, fui filosófico.

Vamos aos tópicos.

As partidas

Pessoalmente eu esperava mais dessa inter-temporada em matéria de saídas e chegadas. A expectativa pode ter sido exagerada pelo fato que a Copa do Mundo é o que aciona as movimentações, então é provável que mais coisas aconteçam nas próximas semanas que nas últimas.

As duas maiores movimentações já tinham sido sacramentadas antes da Copa. Vinicius Junior, vendido há um bom tempo para o Real Madrid, realmente não conseguiu ficar mais um tempinho no Flamengo. Essa é uma perda que realmente será sentida pelo atual líder do Campeonato Brasileiro.

Já Rodrygo, atacante do Santos, fica para o resto de 2018 e tem tudo para se tornar o principal jogador da equipe na campanha do Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores.

Falando de saídas imediatas, o atacante Keno, do Palmeiras, foi vendido de forma surpreendente para o futebol do Egito. O torcedor do alviverde sabe que ele era a principal esperança de algo diferente quando estava em campo. Ao contrário de Lucas Lima, que só é esperança de raiva. Pelo menos a equipe paulista poderá colocar Gustavo Scarpa em campo depois que ele venceu um round na justiça contra seu ex-clube, o Fluminense.

A reposição no Atlético-MG para Róger Guedes não será tão boa. O artilheiro do Brasileirão foi para a China e achar um companheiro para Ricardo Oliveira não será fácil. O time também já tinha negociado Otero, que era reserva em seus últimos momentos no Galo, mas foi bastante usado e era um exímio cobrador de bolas paradas.

Balbuena Corinthians
Balbuena fará muita falta no Corinthians, tanto pelo talento como por sua liderança

Já o atual campeão brasileiro, o Corinthians, mais uma vez viu seu elenco ser desfalcado. O zagueiro paraguaio Balbuena, o lateral-esquerdo Sidcley e o meio-campista Maycon fazem parte do passado. O treinador Osmar Loss vai ter que se virar (veja abaixo quem chega).

Para finalizar a relação de perdas, o volante Arthur, ex-Grêmio, agora está na bela Barcelona para tentar achar seu espaço em um elenco cheio de estrelas. E o peruano Cueva, verdadeira dor de cabeça para o São Paulo desde que chegou, foi negociado para o futebol russo, onde pode fazer um bom jogo a cada 10 e torrar a paciência de todas as pessoas no processo.

As chegadas

Até agora foi tudo meio deprê, só falando de saídas e vendas. Vamos falar das chegadas mais importantes. Precisando de um centroavante de forma urgente, o Cruzeiro foi atrás de Hernán Barcos e conseguiu acertar com o jogador, que no Brasil jogou por Palmeiras e Grêmio.

Bryan Ruiz Santos
Bryan Ruiz é um dos jogadores que chegam para jogar no futebol brasileiro. O costarriquenho jogará no Santos

Também no desespero, mas por um camisa 10, o Santos conseguiu um titular de Copa do Mundo em Bryan Ruiz, costarriquenho de 32 anos e que estava no Sporting de Lisboa.

O Corinthians vai tentar repor as perdas com o lateral-esquerdo Danilo Avelar, que estava na Itália e o atacante Jonathas, que fez carreira em times médios da Europa e vem do Hannover, da Alemanha.

Com boa campanha no Brasileirão, o São Paulo trouxe alguns reforços, sendo o principal deles o lateral-direito Bruno Peres, que chega para ser titular imediato. O time também vai estrear novo fornecedor de material esportivo, deixando a Under Armour para usar os uniformes da Adidas.

E o Flamengo, que tentou grandes contratações, como o holandês Ryan Babbel, atualmente na Turquia, e o atacante Vitinho, do CSKA, ainda pode fechar com eles. Mas por enquanto o time corre para regularizar o atacante colombiano Uribe e saber se pode usar Paolo Guerrero.

Conclusão

Muita coisa mudou antes do recomeço do Campeonato Brasileiro. Você acha que seu time piorou ou melhorou? Não vale falar isso quando os jogos já estiverem rolando!