São Paulo tropeça e abre chance para o Flamengo colar no Brasileirão

117
Henrique Dourada (à esq.) e Everton Ribeiro
O Flamengo, de Henrique Dourada (à esq.) e Everton Ribeiro, tem a chance de encostar em São Paulo e Internacional

O Flamengo recebeu um inesperado presente de um de seus maiores rivais na luta pelo título do Campeonato Brasileiro edição 2018. O São Paulo, líder, tropeçou no Paraná, pior time do torneio até agora, na noite de quarta-feira, 22 de agosto. O confronto pela vigésima rodada do Brasileirão, a primeira do segundo turno, ficou no 1 a 1.

A equipe visitante saiu na frente com Nenê, logo aos oito minutos da etapa inicial, e concedeu a igualdade aos 37 minutos, ainda no primeiro tempo, com tento assinalado por Júnior. Com isso, o tricolor paulista foi a 42 pontos. Conservou-se na ponta e não perderá a liderança nesta rodada. Mas permitiu a aproximação dos rivais. O Internacional não desperdiçou a oportunidade. Derrotou o Bahia, em Salvador, por 1 a 0, com gol de Patrick , aos 23 minutos do primeiro tempo. Chegou a 41 pontos.

Diego Aguirre e Nenê (à dir.).
O São Paulo, de Diego Aguirre, contou com gol de Nenê, mas ficou no 1 a 1 com o lanterna Paraná

Carpegiani enfrenta seu ex-clube

Nesta quinta-feira, 23 de agosto, o Flamengo, que tem 37 pontos, recebe o Vitória, a partir das 19h30 (horário de Brasília), no Maracanã e se confirmar seu favoritismo irá terminar a jornada grudado nos líderes. Nas casas de apostas, o time carioca aparece como maior candidato à vitória. Em Betfair, tem cotação de 1,32. Empate rende 5,5 e sucesso baiano paga 14.

O Leão fará sua segunda partida sob comando do técnico Paulo César Carpegiani, que começou o ano treinando o Flamengo e foi demitido após fracassar no Campeonato Carioca. Nos últimos anos, ele tem se especializado na luta contra o rebaixamento. Em 2017, evitou a queda do Bahia. No ano anterior, salvou o Coritiba. Porém, não teve bom começo no rubro-negro baiano. Em seu primeiro jogo, levou 3 a 0 do Palmeiras.

Galo também busca aproximação

A última partida da noite será entre Atlético-MG e Vasco, com início agendado para 20h em Belo Horizonte. Com 33 pontos, o Galo caiu para a sexta posição depois que o Palmeiras, que derrotou o Botafogo por 2 a 0 com gols de Lucas Lima, alcançou os 36 pontos na quarta-feira.

Lucas Lima
Lucas Lima começou entre os reservas, mas foi acionado e fez os dois gols da vitória palmeirense contra o Botafogo

Pode também aproveitar o jogo para encostar no Grêmio, quarto colocado, que não passou do empate com o Cruzeiro, por 1 a 1, em Porto Alegre. Saiu em desvantagem, conseguiu a igualdade e desperdiçou a chance de virar com uma cobrança de pênalti desperdiçada por Luan quando faltavam sete minutos para o final.

Quatro times disputam ‘liderança’ do segundo pelotão

Com o G6 formado, o segundo pelotão, que tem o sétimo posto como melhor posição, ganhou mais competitividade. Esse bloco é liderado pelo Cruzeiro, que tem 27 pontos. O Fluminense, que derrotou o Corinthians no Maracanã, por 1 a 0, com gol do zagueiro Gum, igualou-se na pontuação ao alvinegro paulista.

Embora ambos tenham 26 pontos, o Corinthians aparece na oitava posição por ter melhor saldo de gols deixando o tricolor carioca em nono. O América-MG, que reagiu saindo da zona de rebaixamento com a chegada do técnico Adilson Batista, encostou nesse bloco ao derrotar o Sport, em Recife, por 2 a 0, alcançando os 25 pontos.

Embora possa parecer pouco, a sétima posição oferece a chance de ‘herdar’ um lugar na Copa Libertadores da América de 2019. Esse privilégio é concedido pelo regulamento aos seis primeiros colocados, mas em caso de um deles levar o título da Copa do Brasil, uma nova vaga se abre.

A zona de rebaixamento não teve alterações com os jogos de quarta-feira, mas pode sofrer mudança nesta quinta. O Vitória, que tem 19 pontos, e ocupa o décimo sétimo lugar, primeiro na região da degola, pode ultrapassar o Sport, que tem 20, saindo da situação desconfortável. Jogo importante nesse bloco, o duelo entre Chapecoense e Atlético-PR, que estava agendado para quarta-feira, foi adiado para 13 de setembro devido ao mau tempo.