Campeonato Brasileiro volta com duelos Rio-São Paulo e Galo tendo que se provar

75

Depois de um aperitivo na segunda-feira com dois jogos (ruins) da Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro volta depois de mais de um mês parado por causa da Copa do Mundo.

E já teremos dois clássicos que colocam frente a frente Rio de Janeiro e São Paulo e um jogo que tem tudo para ser interessante entre Grêmio e Atlético-MG na quarta-feira. Vamos aos tópicos então.

Primeiro contra terceiro

Flamengo e São Paulo vão se enfrentar no Maracanã em um duelo de primeiro contra terceiro. A equipe carioca, com 27 pontos, encabeça a classificação do Campeonato Brasileiro. Já o tricolor paulista, com 23 pontos, é o terceiro.

Não sei se você acredita nessa história de campeonato novo agora com essa volta da parada. Com certeza é muito melhor ser o líder que o Ceará, que ainda não venceu, mas o Fla terá que resolver uns bons pepinos nessa volta.

O primeiro deles é a ausência de Vinícius Junior. Mesmo que não fosse constante, o atacante começava a decidir jogos e agora o time não terá esse atleta que pode fazer algo diferente a qualquer momento.

O time também não terá outra prata da casa, o atacante Felipe Vizeu, negociado com a Udinese. Ele também sofria com a constância, mas na boa performance do Flamengo no Brasileiro foi autor de gols muito importantes.

Isso com certeza será amaciado se Paolo Guerrero jogar. O departamento jurídico ainda busca tirar todas as dúvidas sobre seu julgamento por doping para não correr riscos depois. O colombiano Uribe, que chegou e promete bom futebol, também pode estrear hoje. Ou seja, estamos falando de mudanças no ataque.

O São Paulo também teve algumas mudanças, com a saída do peruano Cueva, que comprovou que um mala pode passar para baú sem problemas. A sequência de jogos do time é muito difícil, com jogo contra o Corinthians já no domingo. O treinador Diego Aguirre tem muitos jogadores pendurados, incluindo Jucilei e Nenê, duas referências técnicas.

Aguirre deve estar o atacante Joao Rojas, que chegou na parada. Sem Valdivia e Marcos Guilherme, será curioso ver quais opções serão empregadas pelo técnico caso o time precise de uma faísca ofensiva. No jogo de hoje, ela já pode ser necessária.

Que Corinthians veremos?

O treinador Osmar Loss foi para a parada sem muita moral. Depois da era Carille, onde leite de pedra tinha gosto de champagne, Loss não conseguiu resultados de forma imediata e já sofreu críticas.

Romero Corinthians
Romero ainda não foi negociado. E ele será uma das referências nesta quarta contra o Botafogo

E para dificultar mais um pouco, o time negociou o bom zagueiro Balbuena, o meio-campista Maycon e o lateral-esquerdo Sidcley. Fagner ainda pode fazer parte da barca depois de ter jogado a Copa do Mundo como titular.

Que Corinthians veremos em campo contra o Botafogo? A verdade é que não dá para ter tanta ideia. A equipe teve bom desempenho nos amistosos que fez durante a parada, mas é claro que eles não são de grande serventia. Será interessante ver como Renê Junior joga nos titulares e Danilo Avelar, substituto de Sidcley, atua na lateral-esquerda.

Já o Botafogo vai estrear novo treinador (Marcos Paquetá) depois de perder seu antigo (Alberto Valentim) para o mundo árabe, assim como o Timão. O time está à frente do Corinthians por um ponto e deve explorar os contra-ataques nesta quarta. Um ponto na bagagem é um bom resultado.

Galo precisa se provar

O Atlético-MG é o segundo colocado do Campeonato Brasileiro mas a parada para a Copa foi uma depressão só. O time perdeu Róger Guedes, razão principal para a boa posição na competição e ainda peças importantes como Otero. As reposições chegaram, mas veremos se o nível consegue ser mantido.

E o primeiro teste é logo um dos mais difíceis. O Grêmio em Porto Alegre é um dos adversários mais indigestos que existem e mesmo sem Arthur, agora oficialmente do Barcelona, o time gaúcho é favorito.