Com caça ao líder, duelos regionais fecham rodada do Brasileirão

38
Everton
Everton fez o gol da vitória do São Paulo contra o Flamengo e mostrou a direção para seguir o líder

O lema de seque o líder, que vinha sido cantado pela torcida do Flamengo ao final das primeiras 12 rodadas do Brasileirão, virou cacem o líder para os rivais mais próximos do rubro-negro.

O São Paulo entendeu sua missão e derrotou os cariocas, por 1 a 0, na jornada de reabertura do Campeonato Brasileiro, depois de 33 dias devido à paralisação do torneio para a realização da Copa do Mundo. A rodada será complementada neste quinta-feira, 19 de julho, com mais cinco partidas, sendo que três delas são clássicos regionais.

Vasco x Fluminense

O duelo entre equipes cariocas será disputado a partir das 20h (horário de Brasília) no estádio de São Januário. Marca a estreia do técnico Marcelo Oliveira no comando do tricolor. Ele assumiu a vaga deixada por Abel Braga, que pediu demissão no período de ‘férias’ do Brasileirão.

Os vascaínos já fizeram sua primeira partida pós Mundial. Na segunda-feira, 16 de julho, derrotaram, também em seus domínios, o Bahia, por 2 a 0. O confronto valeu pelas oitavas de final da Copa do Brasil e a vitória foi insuficiente. Como havia perdido o primeiro jogo por 3 a 0, o Vasco acabou sendo eliminado da competição.

Pedro
O Fluminense, do atacante Pedro, terá estreia de técnico no clássico com o Vasco

Santos x Palmeiras

O clássico paulista também está marcado para 20h. Será realizado no Pacaembu apenas com a presença de torcida santista. O Peixe ainda não poderá contar com o principal reforço contratado na intertemporada. O meia costarriquenho Bryan Ruiz ganhou folga antes de se apresentar.

O Palmeiras sofreu baixas durante a parada, mas encheu seus cofres com R$ 150 milhões com venda de jogadores. Contudo, conseguiu o direito de usar o meia Gustavo Scarpa, que foi contratado no início da temporada, mas estava impedido de atuar devido à litígio judicial com o Fluminense, seu ex-clube.

Cruzeiro x América-MG

O clássico mineiro começa um pouco mais cedo, às 19h30, e pode ter a estreia do atacante argentino Hernan Barcos. O jogador, que estava na LDU, do Equador e já teve passagens por Palmeiras e Grêmio, foi contratado pelo Cruzeiro para suprir as ausências de Fred e Sassá, machucados.

O América também tem estreia. Mas no banco de reservas. Com a saída de Enderson Moreira, que foi para o Bahia, Ricardo Drubscky assumiu o posto. Os dois outros jogos da noite desta quarta-feira são Chapecoense x Bahia, às 19h30, e Atlético-PR x Internacional, com pontapé inicial agendado para 21h.

Mando de campo foi decisivo no reinício do Brasileirão

O Flamengo, que segue na liderança com 27 pontos, mas agora tem o São Paulo, com 26, colado em sua perseguição, foi o único dos mandantes que não fez valer a vantagem nas cinco partidas que abriram a décima terceira jornada do Brasileirão. Todos os outros quatro donos da casa conseguiram acumular mais três pontos na tabela de classificação.

Henrique
O zagueiro Henrique ajudou a parar o ataque do Botafogo e o Corinthians superou os cariocas

Jogando no Presidente Vargas, o Ceará quebrou o jejum de vitórias ao fazer 1 a 0 no Sport, com gol de Arthur aos nove minutos do segundo tempo. Mesmo assim, segue na última posição com oito pontos. Os pernambucanos, com 19, estão no oitavo lugar.

Grêmio alcança o Galo e entra no G4

Em Porto Alegre, o Grêmio fez 2 a 0 no Atlético-MG, com gols de Bressan, aos 7 minutos, e André, aos 14 minutos, ambos no segundo tempo. Com isso, alcançou o Galo na pontuação. As equipes têm 23 pontos. Os mineiros, com vantagem nos critérios de desempate, estão no terceiro posto e os gremistas fecham o G4.

Em sua Arena, o Corinthians derrotou o Botafogo também por 2 a 0. Gols de Rodriguinho, aos 3 minutos do primeiro tempo, e Romero, aos 21 minutos do segundo. Chegou a 19 pontos passando a ocupar o sétimo lugar. Com 17, os botafoguenses caíram para a décima posição.

Em Salvador, o Vitória ‘descolou’ da zona de rebaixamento ao fazer 1 a 0 no Paraná, com gol de André Luís aos 35 minutos do primeiro tempo. Chegou a 15 pontos e subiu para o décimo segundo lugar. Com dez pontos, o tricolor paranaense segue na região da degola. É o décimo oitavo colocado.