Corinthians entra em campo, mas holofotes estão no banco de reservas

52
Corinthians
Osmar Loss assume o comando corintiano, mas contrato novo fica para período de paralisação do Brasileirão

O Corinthians vai definir na noite desta quinta-feira, 24 de maio, se conseguirá ficar no primeiro lugar de seu grupo na primeira fase da Copa Libertadores da América. Na Arena Corinthians terá pela frente o Millonarios, da Colômbia, em jogo pela sexta e última rodada da etapa inicial do torneio continental. O confronto está agendado para 21h30 (horário de Brasília).

Fábio Carille
Motivado por uma chuva de dólares, Fábio Carille trocou o Corinthians pelo Al-Wheda

No entanto, ninguém no clube deu muita bola para a partida. O assunto nos dias anteriores ao jogo foi a saída do técnico Fábio Carille. Encantando com uma milionária proposta do Al-Wehda, da Arábia Saudita, o treinador deixou o clube. Assim, a novidade no banco de reservas será Osmar Loss. Não é uma mudança tão grande, no entanto. Ele já fazia parte da comissão técnica corintiana e afirmou que não pretende mudar a linha de ação.

Contrato novo fica para paralisação da Copa do Mundo

Ainda não se sabe por quanto tempo Loss ficará no cargo. Apesar de ter sido apresentado pelo presidente do clube, Andres Sanchez, como técnico efetivo, os detalhes do contrato só serão decididos na segunda quinzena de junho, quando o Campeonato Brasileiro será paralisado para a realização da Copa do Mundo da Rússia 2018.

Tempo de contrato não é a única pendência. Fábio Carille deixou a comissão técnica desfalcada, levando alguns de seus auxiliares para o Oriente Médio. Assim, o clube precisa decidir também como e quando será feita essa reposição. De acordo com o cartola é certo que isso não acontecerá com rapidez.

Até o momento da parada do Brasileirão, o Corinthians tem agendados jogos contra Internacional (fora, em 27 de maio), América-MG (casa, 31 de maio), Flamengo (fora, 3 de junho), Santos (casa, 6 de junho), Vitória (casa, 9 de junho) e Bahia (fora, 13 de junho).

Novo treinador ‘herda’ problemas médicos

Não foi só o cargo que Osmar Loss recebeu como herança. Ele também viu cair no seu colo uma série de baixas para as próximas partidas. Dois deles foram causados pela seleção brasileira. O goleiro Cássio e o lateral-esquerdo Fagner já estão trabalhando na preparação para a Copa do Mundo da Rússia e só irão voltar em julho.

Cássio
Na seleção brasileira, Cássio é uma das muitas baixas para o jogo contra o Millonarios

A lista de jogadores impedidos de atuar nesta quinta-feira é ampliada pelo o volante Ralf, o meia Renê Júnior, e o atacante Clayson, que estão contundidos. A relação é completada com o atacante Roger. Ele foi contratado pelo clube depois do fechamento das inscrições para a primeira fase da Copa Libertadores da América. Dessa maneira, só poderá atuar no torneio a partir das oitavas de final.

Colombianos ainda têm esperança de classificação

Enquanto o jogo tem importância apenas relativa para o Corinthians, que já tem vaga garantida na próxima fase, para o Millonarios é uma decisão. O time está em último lugar no grupo 7 e ainda tem chances de classificação. Para isso, precisaria vencer na Arena Corinthians e torcer para um empate no jogo entre Independiente e Deportivo Lara, que acontece no mesmo horário, na Argentina.

A combinação desses resultados é improvável. Porém, se conseguir cumprir sua missão e acumular mais três pontos em São Paulo, o time de Bogotá vai garantir ao menos o direito de participar da Copa Sul-Americana a partir do segundo semestre da temporada 2018. Entraria na segunda fase do torneio.

Teve para isso tempo livre de preparação. Como foi eliminado ainda primeira fase do Campeonato Colombiano, ficou sem compromissos no torneio desde 6 de maio. Desde então atuou uma única vez, justamente pela Copa Libertadores da América. Em 17 de maio, recebeu o Independiente e não passou do empate sem gols.