Mercado de transferências: as principais movimentações no Brasil

308

A temporada 2018 chegou ao fim, e agora a cabeça de todos os clubes está em apenas um lugar: a temporada 2019!

O dia 20 de janeiro marca o primeiro jogo dos estaduais e está a pouco mais de um mês de distância. Para se preparar para essas competições e até para testar o elenco nos jogos de pré-temporada, todo mundo está correndo para o mercado de transferências da bola, e é isso que vamos analisar agora, time a time!

Athletico-PR: Ainda empolgado com o título da Copa Sul-Americana, o maior desafio do Furacão é segurar jogadores depois da ótima temporada de 2018. Só quem já foi confirmado na chegada é o zagueiro Robson Bambu, que estava no Santos.

Atlético-MG: O Galo está quietinho na janela de transferências, mais preocupado em renovar com Leonardo Silva do que ir às compras. Além disso, Flamengo e Rever não estão se entendendo, e o zagueiro pode acabar voltando para Belo Horizonte.

Avaí: Recém-chegado à Série A, o Avaí por enquanto só fechou com o meia Gegê (Demirspor-TUR). A lista de dispensa do Leão da Ilha é enorme, incluso seus três goleiros, então um novo arqueiro é contratação certa – o nome mais forte é o de Simão (Operário-PR). O técnico Geninho já acertou a renovação até o fim de 2019.

Bahia: O torcedor do Tricolor baiano vai ter que se conformar com anúncios de renovação por enquanto. Estenderam contrato com o time os atletas Elton, Nino, Flávio e Edigar Junio. A única chegada até agora é a volta do volante Yuri, que estava emprestado ao CSA. O que não sai da cabeça do torcedor Tricolor, porém, é a saída de Zé Rafael para o Palmeiras – a maior negociação da história do Bahia, que rendeu R$ 14,5 milhões aos cofres do clube.

Botafogo: O ídolo Jefferson se aposentou, então o Fogão com certeza irá atrás de um novo goleiro. O nome mais forte por enquanto é o experiente e atualmente desempregado Diego Cavalieri. Fora isso, a única movimentação do Botafogo foi contratar o meia Gustavo Ferrareis, que estava no Internacional.

O ídolo Jefferson pendurou as luvas ao final da temporada 2018, e agora o Botafogo precisa correr atrás de um novo goleiro

Ceará: Para alegria da torcida do Vovô, o primeiro a firmar compromisso com o time para 2019 foi o já lendário técnico Lisca Doido. Além do treinador, o Ceará contratou o atacante Matheus Matias (Corinthians) e o volante William Oliveira (Sampaio Corrêa), além de estar bem próximo do lateral direito Cristovam (Paraná Clube).

Chapecoense: A Chape é um dos times mais sumidos do mercado por enquanto. A única movimentação do Verdão de Santa Catarina é a renovação com o técnico Claudinei Oliveira.

Corinthians: Como não poderia ser diferente, o Corinthians está bem ativo no mercado depois de uma temporada entre ruim e horrível. De nomes grandes, já chegaram o técnico Fábio Carille e o meia Ramiro (Grêmio), além de Sornoza e Richard (Fluminense), Gustavo Mosquito (Coritiba), Michel Macedo (Las Palmas) e André Luiz (Ponte Preta). Não faltam nomes especulados no Timão, mas focando nos que dá pra levar a sério podemos citar Diego Tardelli (Shandong Luneng-CHI), Luan (Atlético-MG), Uendel (Internacional) e Leandro Castán (Vasco da Gama).

Fábio Carille está de volta ao Corinthians depois de uma temporada longe, na qual o Timão não ficou muito longe da zona de rebaixamento

Cruzeiro: O time de Mano Menezes está mais preocupado em não ser desmanchado depois de uma temporada excelente do que contratar por aí. O que a Raposa mais quer é segurar Thiago Neves, Rafael Sóbis, Sassá e Arrascaeta. De chegada, os únicos nomes prováveis por enquanto são os de Bruno Henrique (Santos) e Marcinho (Botafogo).

CSA: Muita gente já chegou para reforçar o mais novo estreante na série A. O goleiro João Carlos veio diretamente do rival CRB, assim como o também arqueiro Fabrício. Para a linha, o CSA vai contar com Régis (São Paulo), Luciano Castán (Al-Khor-CAT), Amaral (Boa Esporte), Mauro Silva (Bonsucesso), Jhonnatan (Náutico), Pedro Rosa (Sertãozinho) e Lohran (Friburguense). Além destes, um exército de atletas renovou com os alagoanos, que perderam por enquanto Walter, Echeverría e Daniel Costa.

Flamengo: Um dos times mais ricos do Brasil, o Rubro-Negro nunca passa em branco no mercado de transferências, mas o único a chegar até agora foi o técnico Abel Braga. A lista de nomes especulados no Flamengo é enorme, mas os que podem ser considerados são Felipe Melo (Palmeiras) e Bruno Henrique (Santos).

Depois de terminar o Brasileirão 2018 em segundo lugar, a torcida do Flamengo quer mais do que apenas um novo técnico para a próxima temporada

Fluminense: O Tricolor das Laranjeiras só fechou com Caíque (Guarani), mas também é alvo de muita especulação, das quais só dá pra levar a sério os nomes de Marquinhos Gabriel (Corinthians) e Matheus Ferraz (América-MG).

Fortaleza: A maior preocupação do Fortaleza era renovar com o técnico Rogério Ceni, o que foi confirmado recentemente. Agora o Tricolor pode se preocupar com contratações, sendo que o primeiro nome que já fechou negócio é o do lateral-esquerdo Carlinhos (América-MG). Os planos do Leão do Pice incluem ainda o atacante Rafael Sóbis (Cruzeiro) e os laterais 
Celsinho (CSA) e Jean Mota (Santos).

Goiás: De volta à Série A depois de uns bons anos, o Goiás começou sua preparação contratando o goleiro Sidão (São Paulo) e o volante Geovane (Vila Nova), além do ex-técnico do Flamengo Maurício Barbieri. Os Esmeraldinos ainda demonstraram interesse em Roger (Corinthians).

Grêmio: Joanderson (Criciúma) e Guilherme Dantas (Juventus-SP) são os primeiros nomes que chegaram ao Imortal. Embora algumas saídas importantes, o Grêmio renovou com os essenciais Geromel, Kannemann e Jael, além do técnico Renato Gaúcho. O tricolor gaúcho ainda sonda Marquinhos Gabriel (Corinthians) e Thiago Neves (Cruzeiro).

Embora tenha perdido Ramiro para o Corinthians, o Grêmio renovou com seus principais nomes e deve vir forte para 2019

Internacional: O Inter perdeu alguns jogadores importantes com o fim da temporada e só trouxe o zagueiro Ernando de volta do empréstimo ao Sport. O problema é que o jogador deve ser repassado antes de a temporada começar. Para se reforçar mais, o Colorado sonha com Neílton, do Vitória.

Palmeiras: Campeão brasileiro, o Verdão está feliz da vida e já trouxe Zé Rafael (Bahia), Matheus Fernandes (Botafogo) e Arthur Cabral (Ceará). De saídas, o Palmeiras só se preocupa em perder o técnico Felipão e talvez Felipe Melo, Guerra e Papagaio.

O sempre polêmico Felipe Melo pode ser um dos nomes a deixar o atual campeão Palmeiras em 2019

Santos: O nome mais badalado do mercado de contratações brasileiro até agora chegou justamente no Peixe: o técnico Jorge Sampaoli, que dirigiu a Argentina na última Copa do Mundo. Gabigol voltou para a Inter de Milão, mas foi a única grande perda. O torcedor santista pode ainda sonhar com o retorno dos eternos Meninos da Vila, Diego (Flamengo) e Robinho (Sivasspor).

São Paulo: Depois de terminar o Brasileirão com um gosto amargo na garganta, o São Paulo deve ter mudanças. O lateral-direito Igor Vinícius (Ponte Preta) e o lateral-esquerdo Léo Pelé (Bahia) já chegaram, assim como Sidão já foi embora para o Goiás, mas o tricolor paulista não fez muito mais por enquanto.

Vasco da Gama: O Cruz-Maltino está bem parado por enquanto, tendo trazido apenas o lateral Danilo Barcelos (Ponte Preta). A maior preocupação dos cariocas é não perder gente importante como Martín Silva, Leandro Castán e Yago Pikachu.

Comentários do Facebook