Fla pega Cruzeiro de novo; São Paulo começa “defesa” da liderança com duelo duro

34
rafinha cruzeiro

O São Paulo se transformou no líder do Campeonato Brasileiro com uma vitória em casa contra o Vasco. Agora começa a defesa dessa liderança tendo que viajar até o Recife para pegar o Sport.

Vamos para os tópicos que assunto não falta. Antes falaremos de um jogo que se repete.

Fla pega Cruzeiro de novo

Os dois times vão ficar enjoados de se enfrentar: quatro dias depois do duelo na Libertadores, Flamengo e Cruzeiro vão se enfrentar de novo, no mesmo Maracanã, mas agora pelo Campeonato Brasileiro.

Dez pontos atrás do São Paulo, não é preciso pensar muito para dizer que o time mineiro precisa privilegiar Copa do Brasil e Libertadores, onde venceu os jogos de ida fora de casa. A vitória por 2 a 0 contra o Flamengo foi particularmente impressionante, já que o time dominou completamente as ações e poderia ter feito até 3 a 0 no fim em chance com Rafinha.

Com um calendário maluco no mês de agosto, quem não privilegia competições comete suicídio coletivo e parece que o Flamengo já está até escrevendo sua carta. A derrota para os reservas do Grêmio no fim de semana passado foi feia e jogando as três competições com força máxima é de se esperar que alguém abra o bico logo.

Agora com essa desvantagem na Libertadores, é bom o Flamengo pisar fundo no acelerador no Brasileirão e qualquer coisa que não for a vitória neste jogo será motivo para vaias do torcedor rubro-negro, que já está sem paciência para seu elenco estrelado que ão ganha jogos importantes.

É mais difícil pegar o Sport ou mais fácil pegar o Sport?

Aguirre Nenê
Tudo está funcionando para o São Paulo. Mas agora o time terá o alvo nas costas

O torcedor de um time de futebol algumas vezes tem que encarar uma pergunta quase filosófica, comparável a “copo meio cheio ou meio vazio?”

O Sport não venceu nos últimos sete jogos e o desempenho pós-Copa é preocupante: derrota para o Ceará fora e Fluminense em casa, derrota para o Vitória fora e goleada sofrida contra o Flamengo no Rio e empate contra a Chapecoense na Ilha do Retiro. Pegar um time no desespero assim é bom porque a qualidade técnica obviamente não é alta, ou justamente pela pressão, é pior ter um time com esse extra de motivação para encarar?

O time pernambucano está caindo na tabela e precisa de uma vitória urgentemente. O time está fazendo campanha para animar o torcedor a lotar a Ilha do Retiro. Mas em campo é evidente que Nenê, Diego Souza e Éverton terão a vantagem com a bola no pé, cabe ao São Paulo superar esse primeiro desafio desde que assumiu a liderança.

Como habitual o treinador Diego Aguirre fechou o treino para a imprensa para testar as opções de jogo. Bruno Peres deve começar jogando na lateral e Everton Felipe, contratado justamente do Sport, deve ficar à disposição. A equipe paulista ainda treina no sábado antes de viajar para o Nordeste. A vitória do São Paulo, mesmo fora de casa paga 2,5 para 1 enquanto o triunfo dos mandantes para 2,8 para 1. O empate está 3 para 1 na Betfair.

Outros jogos importantes

Quietinho, o Internacional está em terceiro a apenas três pontos do líder. O barulho será se a equipe trouxer o peruano Paolo Guerrero, que vai exigir um grande investimento e cujo retorno é duvidoso. O time encara o Fluminense na segunda-feira podendo se aproveitar de tropeços de São Paulo e Flamengo para chegar ainda mais próximo do topo.

O time derrotado pelo Internacional na rodada passada, o Atlético-MG, está em situação oposta. Depois de causar barulho no começo, o time caiu de rendimento e precisa se reencontrar com as vitórias. O confronto contra o Santos remete à pergunta do primeiro tópico: é melhor pegar um time que está mal ou pior? O Santos ainda não ganhou no pós-Copa e até fazer um gol parece uma tarefa hercúlea.

O time mineiro é bastante favorito, pagando 1,90 para 1, mas o time não está jogando tão bem para tamanha confiança. Os mais favoráveis a risco podem ir de empate ou até vitória do Santos e conseguir um belo retorno. Mas prepare-se para sofrer.