Rodada do Brasileirão terá evidente jogo de destaque: São Paulo x Palmeiras

16
dudu palmeiras

Há algumas rodadas já tínhamos marcado a data 6 de outubro no calendário. Sim, não é o 7, dia da eleição. No sábado teremos São Paulo x Palmeiras no Morumbi e este é um dos duelos mais importantes deste Campeonato Brasileiro, sem dúvidas.

Olhando para a tabela, fica clara a razão para a empolgação do parágrafo anterior: o alviverde é o primeiro. O tricolor está em terceiro. Um mísero ponto separa os dois times.

Só que não é só isso que importa ao analisar esse jogo. Vamos aos tópicos e parar com enrolação.

Palmeiras vai encarar seu maior bloqueio

O estádio Cicero Pompeu de Toledo foi palco de alegrias para todos os grandes paulistas. No Morumbi, Corinthians, Santos e Palmeiras tiveram seus momentos de magia, inclusive mandando jogos, mesmo que o estádio seja do São Paulo Futebol Clube.

Porém, nos últimos anos, o alviverde não gosta nem de pensar em atravessar o rio Pinheiros e ir jogar no maior estádio da cidade de São Paulo. Desde 2002 que a equipe não vence o São Paulo no Morumbi. Ou seja, desde que começaram os pontos corridos (2003), o tricolor sempre pode contar com três ou pelo menos um pontinho recebendo o Palmeiras.

O antigo Palestra está matando alguns jejuns nos últimos anos. Foi campeão brasileiro (2016) depois de 22 anos e nesta quarta-feira chegou a uma semifinal de Libertadores depois de 17 anos. Quem sabe esse jejum de 16 anos não vire um banquete.

São Paulo precisa da vitória

Nenê São Paulo
Nenê e o São Paulo precisam engatar a terceira de novo. Se não, o título brasileiro pode ir para o espaço

Um empate não basta. O tricolor caiu para a terceira posição depois de ser líder por várias rodadas e mesmo que a diferença seja baixa, o psicológico começa a pesar. O treinador Diego Aguirre e jogadores como Nenê reconheceram que a equipe caiu de nível.

E nem precisava que esses dois personagens importantes viessem a público. É só ver o tricolor jogar que se nota que o time que venceu apenas uma partida nas últimas seis no Brasileiro não é o mesmo que bateu Cruzeiro no Mineirão e Flamengo no Maracanã.

O São Paulo terá um grande reforço que pode fazer criar uma faísca novamente. Everton volta, recuperado de lesão na coxa. Aguirre terá todos seus titulares à disposição, algo que não acontecia há sete partidas.

Uma vitória contra o Palmeiras terá efeito similar à vitória no Morumbi contra o Corinthians, por 3 a 1. Não são apenas três pontos e sim a prova que o time pode vencer um jogo importante contra um rival histórico.

E por mais que o São Paulo não perca para o Palmeiras em casa há 16 anos, a torcida alviverde nos últimos três anos está comemorando títulos. A do São Paulo não.

O fim do tabu aqui pode significar uma crise no Morumbi. Não de proporções épicas, mas o suficiente para ligar o holofote e as críticas descerem em peso. A vitória do São Paulo paga 2,62 para 1. A do Palmeiras, 2,67 para 1 na Betfair.

Para o Inter está tudo lindo

O Internacional quer mais é que os dois times empatem e os 22 jogadores sejam expulsos no Morumbi. Enfrentando o Sport fora de casa, a equipe gaúcha pode perfeitamente terminar a 28ª rodada como líder do Campeonato Brasileiro.

O Sport nos últimos 15 jogos só venceu um e perdeu 13. Agora com Milton Mendes como comandante, a água já está batendo no queixo e receber um time que é um aproveitador de primeira não é uma boa notícia.

O Inter tem desfalques, é verdade: Rodrigo Moledo e Victor Cuesta não vão poder jogar, assim como Leandro Damião (lesionado) e Edenilson (suspenso). O lado bom: o Sport vai ter que jogar com Michel Bastos de falso 9.

Se o Internacional não ganhar esse jogo, fica difícil defender a equipe como boa o suficiente para vencer o título do Campeonato Brasileiro. Tanto que na Betfair, a vitória dos visitantes paga 2 para 1. Dos mandantes, está quase em 4 para 1.