Mesmo com vantagem, Palmeiras irá com força máxima contra América-MG

50
Dudu Palmeiras

Em todas as competições que jogou até o momento, o Palmeiras se deu ao luxo de rodar seu elenco e mesmo assim conseguir bons resultados. Isso aconteceu inclusive na Copa Libertadores, vencendo o Alianza Lima com alguns jogadores considerados reservas em campo. Mas para esta quarta, contra o América-MG, o time paulista irá de força máxima.

Com o 2 a 1 conquistado em Belo Horizonte, o Palmeiras poderia pensar em rodar o elenco, mas preferiu não fazer isso. Roger Machado não quer correr riscos.

Lucas Lima, Keno, Dudu e Willian

As pessoas que acompanham mais o Palmeiras podem ter estranhado um dos nomes. A razão para Willian estar nessa lista é Miguel Borja ter se apresentado para a seleção da Colômbia na preparação para a Copa do Mundo.

Ou seja, o time estará sem o autor de um dos gols no jogo de ida. Porém, seu substituto não deixa a bola cair: Willian é o jogador que mais entrou em campo pelo Palmeiras em 2018, mesmo não sendo titular em algumas ocasiões. Ele jogou em 29 oportunidades.

Willian Palmeiras
Willian será o titular do Palmeiras nesta quarta contra o América, no lugar do colombiano Borja

Ele será abastecido por Lucas Lima e Keno. No caso do meio-campista, seu rendimento subiu nos últimos jogos, com boas participações na vitória folgada contra o Bahia. Porém, ainda falta maior regularidade e especialmente atuações em grandes partidas. A torcida vai continuar de olho.

Já Dudu volta ao time depois de ficar fora da partida do Bahia, suspenso. Ele é o maior artilheiro do Allianz Parque e o Palmeiras tem 199 gols no estádio. Quem será o autor do gol 200 do Palmeiras?

Se depender do América, só saberemos depois

Depois da derrota em casa no jogo de ida, o América-MG não pode se dar ao luxo de errar. Um gol sofrido exige dois do Coelho para levar os pênaltis e três para classificar. Vale lembrar que o gol fora de casa não é mais um critério de desempate.

O volante Juninho, que fez gol contra o Botafogo, será titular nesta quarta. Luan, ex-jogador do Palmeiras, também começará o jogo. Se a lei do ex funcionar aqui e Luan fizer um gol, os torcedores do time paulista podem ter um ataque cardíaco. No comando do ataque, o velho conhecido Rafael Moura. Não do Palmeiras, mas de todos os times brasileiros, que já viram Rafael Moura ou vestir sua camisa ou enfrentaram ele alguma vez.

Ou seja, o América-MG precisa pensar em gols, mas também em não levar, já que se o jogo for para o intervalo 0 a 0, não é algo ruim: um gol no segundo tempo leva o jogo para os pênaltis.

O Palmeiras está blindado

Duas informações vão deixar o torcedor do Palmeiras ainda mais confiante com a classificação nesta quarta para as quartas de finais da Copa do Brasil. A primeira delas é que mesmo com o favoritismo e a vantagem no jogo de ida, Roger Machado fez seu time treinar penalidades máximas.

E a segunda é que o Palmeiras não perde um jogo na Copa do Brasil em casa desde 2004. São 19 jogos, com 13 vitórias e seis empates. Desde lá o time foi vencedor dessa competição duas vezes. Uma em 2012 e a outra em 2015.

Ou seja, a tarefa para o América-MG será realmente complicada.

Quem avançar se junta a Santos, Flamengo, Corinthians, Grêmio e Chapecoense. Além do confronto entre Palmeiras e América-MG, Cruzeiro e Atlético-PR e Bahia contra o Vasco são os outros dois confrontos que ainda precisam ser decididos, mas só serão em julho. Quando soubermos todos eles, um novo sorteio será feito.