Corinthians é eliminado e impede dérbi histórico; Cruzeiro passa com derrota

24
Thiago Neves Cruzeiro

A terça-feira teve uma classificação e uma eliminação de brasileiros, com o Grêmio passando nos pênaltis e o Santos sendo desclassificado mesmo sem perder os jogos. Na quarta-feira, os dois times mais populares do país deram adeus: Corinthians e Flamengo estão fora e o Cruzeiro, eliminando os cariocas, passando para as quartas.

Estou me adiantando… Vamos aos tópicos

O Cruzeiro está nas quartas, mas precisa se preocupar

O Cruzeiro teve dois resultados incríveis nos mata-matas da Copa do Brasil e Copa Libertadores jogando fora de casa. Venceu o Santos por 1 a 0 em um jogo que não teve tantas chances e bateu o Flamengo por 2 a 0 no Maracanã em uma partida que dominou completamente.

Porém, no Mineirão, o time não foi bem em nenhuma das voltas. Contra o Santos perdeu de virada, por 2 a 1, e precisou de um empurrão do árbitro, que acabou o jogo quando Gabriel ficaria sozinho perante Fabio. Nos pênaltis, seu arqueiro foi fenomenal.

Ontem o Cruzeiro teve mais oportunidades, mas Barcos e Thiago Neves erraram gols na cara e o Flamengo abriu o placar no segundo tempo. Não dá para dizer que os cariocas mereciam mais porque também não tiveram grande atuação técnica e o Cruzeiro perdeu suas oportunidades.

Mas não dá para achar normal que um time tão bom tenha se classificado com tamanho sufoco depois de fazer dois resultados ótimos fora de casa. Contra o Boca Juniors, essa morosidade em casa pode ser punida. O time argentino está jogando melhor que na fase de grupos e deve garantir sua vaga nas quartas nesta quinta-feira. O jogo de ida contra o Libertad foi 2 a 0 para os hexacampeões e sua classificação paga 1,03 para 1 na Betfair.

Já o Flamengo teve mais uma saída antecipada da competição. Dá para dizer tranquilamente que os rubro-negros não tem o peso no cenário continental como tem no nacional, já depois de serem campeões em 1981, sua primeira participação, empilham participações fracas e até vexames.

Perder nas oitavas para o Cruzeiro não é uma vergonha como foi cair na fase de grupos em 2014 e 2017, mas é algo completamente desmoralizante para o investimento feito e toda a banca colocada pela diretoria.

E outra: o time pegou o Cruzeiro nas oitavas porque ficou em segundo no seu grupo, empatando com o Santa Fé e River Plate em casa e não aproveitando um jogo ruim do River na Argentina, na última partida do grupo, para roubar a liderança.

O time ainda está vivo no Brasileiro e Copa do Brasil, mas o grande sonho ficou mais uma vez muito distante.

Corinthians cai no Colo-Colo e não enfrentará o Palmeiras

Valdivia Colo-Colo
O Corinthians ainda teve que ver o ex-palmeirense Valdivia comemorando no seu estádio

Um dos grandes baratos desta Copa Libertadores seria ver um duelo entre Corinthians e Palmeiras, reeditando as batalhas de 1999 e 2000, ambas vencidas pelo alviverde. O Corinthians, entretanto, parou no Colo-Colo.

A equipe de Itaquera é outra que soma vários fracassos nos últimos anos nas copas continentais, tendo eliminações doloridas e em casa depois de ter vencido a Libertadores em 2012. O Colo-Colo se soma ao Nacional do Uruguai, Guarani do Paraguai e Boca Juniors como times que eliminaram o alvinegro em seus domínios.

A verdade é que o jogo de ida foi muito fraco e o 1 a 0 é sempre um resultado horrível, já que um gol dos visitantes na volta obriga o time de melhor campanha a fazer 3. O Timão abriu o placar, viu o ex-palmeirense Lucas Barrios empatar, conseguiu o segundo mas não o terceiro. E ainda teve que aguentar o também ex-palmeirense Valdivia comemorando em seu gramado.

O Palmeiras ainda não está garantido nas quartas, mas é só uma questão de tempo já que o time teve grande vitória no Paraguai, contra o Cerro Porteño. A possibilidade dos paraguaios se classificar é tão pequena que ela paga 91 para 1 na Betfair.

Infelizmente não veremos o Palmeiras de Felipão contra o Corinthians em um mata-mata de Libertadores pela 3ª vez.