A rodada deste fim de semana serviu para filtrar no Brasileirão

16
deyverson palmeiras grêmio

A 29ª rodada do Campeonato Brasileiro teve grande importância para a decisão da competição. Entrando nela nós tínhamos cinco candidatos ao título, com o Grêmio fechando a corrida e podendo ficar a dois pontos do líder Palmeiras, já que enfrentaria o alviverde no Pacaembu.

Agora, nesta segunda-feira, a relação caiu para três. Posso estar sendo injusto com o São Paulo, mas o fato do time estar jogando mal e não ganhar desde a 24ª rodada me faz ter confiança na afirmação que só três disputam o Brasileirão de 2018.

Vamos aos tópicos.

Palmeiras parece imparável (mas você precisa saber de uma coisa)

Eu já tinha avisado na sexta que o Grêmio entraria muito desfalcado no gramado do Pacaembu. A equipe gaúcha ainda assim teve a bola pela maior parte do tempo, como é característica dos comandados por Renato Gaúcho. E o Palmeiras foi mortal nas chances que teve e seguro na defesa, como é característica dos comandados por Felipão.

O placar foi aberto por Deyverson aos sete minutos e “fechado” pelo mesmo atacante aos 33 min do segundo tempo, em um jogo que o Palmeiras não sofreu e continuou sua sequência de 14 jogos sem derrota no Brasileirão.

A coisa que você precisa saber é que o Palmeiras parece pegar os melhores rivais em momentos de queda. O São Paulo estava no começo de uma crise. O Cruzeiro veio com time reserva por causa do duelo contra o Boca Juniors, enquanto o Palmeiras se preparava para a volta contra o Colo-Colo e agora o time pegou o Grêmio sem Marcelo Grohe, Kannemann, Cortez, Leo Moura, Ramiro e Everton.

Felipão está muito preocupado com esse fato que apontei acima, olhando a classificação no jornal, o extrato bancário no tablet e a taça de vinho português na mesa.

O Flamengo está babando pela 31ª rodada

flamengo comemora
O Flamengo acordou. E ainda pode sonhar, mas vai precisar encarar os maiores desafios

Continuando o que disse na sexta, o Flamengo tinha obrigação de bater seu arquirrival Fluminense e fez isso com méritos, emendando mais um 3 a 0 depois de bater o Corinthians pelo mesmo placar.

É difícil não colocar muito na conta de Dorival Junior, mas eu vou aproveitar para criticar os jogadores do Flamengo: era difícil se impor assim duas semanas atrás? Dorival não chegou com uma varinha mágica e o esquema tático perfeito, roubado dos sonhos de Pep Guardiola.

O Fluminense é um time fraco, mas o Flamengo perdeu para times fracos no próprio Maracanã. Neste sábado, com o meio-campo talentoso que tem, simplesmente ocupou a intermediária do tricolor e logo o placar estava 2 a 0, com gols de Uribe e Leo Duarte. O terceiro veio de novo com Uribe no começo do segundo tempo.

Esse Flamengo é o maior rival do Palmeiras no Brasileirão, na minha opinião. E os dois times vão fazer um duelo direto no Maracanã na 31ª rodada, o que promete ser um dos jogos do campeonato. O time ainda enfrenta São Paulo fora, Grêmio e Santos em casa e Cruzeiro fora entre seus maiores desafios.

O Internacional segue firme e forte

Internacional comemora
A torcida do Inter precisa se orgulhar do time que supera todas as expectativas neste Brasileirão

Falei do Flamengo, mas o segundo colocado, a três pontos do Palmeiras, é o Internacional. E a partida contra o São Paulo mostrou toda a garra da equipe, que saiu atrás, viu Pottker sair machucado e Leandro Damião, que entrou no lugar, fazer dois gols. No fim, Nico Lopez fez o terceiro de pênalti.

O time gaúcho segue não sendo uma maravilha, mas com o renascimento de D’Alessandro, pode ser mais criativo e criar mais oportunidades de gol.

E quer saber uma excelente notícia para os torcedores do Inter? Nesses últimos 9 jogos, a equipe pega apenas Santos e Atlético-MG (em casa ambos) entre as equipes que estão entre os sete primeiros, encarando, de resto, Vasco, Botafogo e Fluminense, Paraná, Ceará, América-MG  e Atlético-PR.

Para efeito de comparação, o Palmeiras terá que encarar Flamengo e Atlético-MG fora e Santos em casa nessa reta final.