Libertadores tem duelo capaz até de mudar programação da Globo

59
Edilson
Visitante indigesto, o Cruzeiro encara o Boca Juniors em La Bombonera

O horário nobre da Rede Globo terá um protagonista diferente nesta quarta-feira, 19 de setembro. Geralmente reservado para os clubes de maior torcida do eixo Rio-São Paulo, a noite que a emissora de maior audiência do país reserva para o futebol terá como astro o Cruzeiro, que tem se firmado como rei do mata-mata na temporada 2018.

Afinal, o time mineiro encontrou um rival à sua altura. Vai encarar, a partir das 21h45 (horário de Brasília), no lendário estádio de La Bombonera, em Buenos Aires, cenário de batalhas épicas ao longo da história.

O confronto terá transmissão para todo o país, algo raro – se não inédito, na emissora, que geralmente costuma passar filmes para São Paulo e Rio de Janeiro quando os times locais não estão em ação nas noites de quarta-feira. Sinal claro que de o confronto pelas quartas de final da Copa Libertadores da América tem potencial suficiente para atrair a atenção até mesmo de torcedores de outros clubes.

Para Cruzeiro, mata-mata tem sido exagero – um jogo é suficiente

Considerar o Cruzeiro ‘rei do mata-mata’ pode ser um exagero. Na verdade, a marca registrada do time mineiro na temporada tem sido justamente definir seus duelos eliminatórios na primeira partida, justamente aquela que joga fora de casa.

Na Copa do Brasil, o time despachou Atlético-PR e Santos graças ao resultado no primeiro jogo, como visitante. Nas semifinais, deixou sua situação bem encaminhada vencendo o Palmeiras, em São Paulo, e aguarda o confronto de volta para confirmar a tradição.

De Arrascaeta
Machucado, o uruguaio De Arrascaeta foi vetado e não defenderá o Cruzeiro em Buenos Aires

Na Libertadores, depois de conseguir o primeiro lugar de seu grupo na primeira fase, marcou 2 a 0 no Flamengo, em pleno Maracanã, e, depois, administrou a situação perdendo, por 1 a 0, no Mineirão, sem levar maiores sustos, alcançado a etapa de quartas de final.

Experiente, o time indica que a tradição da ‘caixa de bombons’ muitas vezes amargos do Boca Juniors não deve mudar a estratégia traçada pelo técnico Mano Menezes. Apesar de não poder contar com um dos principais jogadores responsáveis por puxar seus contra-ataques. Machucado, o meia uruguaio De Arrascaeta não poderá atuar em Buenos Aires.

A fama do Cruzeiro parece não ter chegado às casas de apostas. Na plataforma de Betfair, por exemplo, uma vitória do time mineiro aparece com retorno de 5,80 para cada real investido. Muito alto pelo potencial da equipe. Sucesso do Boca Juniors tem prêmio de 1,84. A cotação para a igualdade está no patamar de 3,35.

Grêmio segue exemplo cruzeirense e coloca um pé e meio nas semifinais

Atual detentor do título de campeão da Libertadores, o Grêmio deu mais um passo rumo ao bi. No estilo Cruzeiro, marcou 2 a 0 no Atlético Tucumán, outro clube argentino, na casa do rival, na noite de terça-feira, 18 de setembro.

Atlético Tucumán x Grêmio
Na partida que abriu as quartas de final, o Grêmio derrotou o Atlético Tucumán, por 2 a 0, na Argentina

Saiu na frente com gol de Allisson aos 35 minutos do primeiro tempo depois de assistência de Cícero e soube se aproveitar da vantagem numérica conseguida aos nos acréscimos da etapa inicial com a expulsão de Gervásio Nunes. Na etapa derradeira, Everson, após passe de Alisson, ampliou o marcador. Assim, o tricolor gaúcho poderá perder a partida de volta, que está agendada para 2 de outubro, em Porto Alegre, que ainda assim avançará para as semifinais.

O adversário será mais um time da Argentina. A definição acontecerá no clássico entre Independiente e Ríver Plate, que tem sua primeira partida marcada para 19h30 desta quarta-feira. A última partida das quartas de final está marcada apenas para a quinta-feira, 20 de setembro. O Palmeiras, dono da melhor campanha na primeira fase, terá o Colo Colo, do Chile, pela frente.

Comentários do Facebook