Liverpool vence com gol de Firmino; Barcelona de Messi goleia

25
roberto firmino comemora

A Uefa Champions League deu seu pontapé inicial na fase de grupos nesta terça-feira e o fã de futebol já teve um jogo para entrar para a história, uma virada incrível de um time tradicional que volta para a competição e um dos maiores de todos os tempos mostrando porque é um dos maiores de todos os tempos.

Sim, fiz bastante suspense. Tudo para você ir para os tópicos.

O brasileiro que brilhou em Anfield foi Firmino

Na escalação de Liverpool e PSG em Anfield, o lado francês tinha diversos brasileiros, liderados, é claro, por Neymar. Já nos Reds, tanto o recém-contratado Fabinho como o atacante Roberto Firmino estavam no banco. Jurgen Klopp foi de Daniel Sturridge no trio com Salah e Mané.

E quem viu o primeiro tempo pode até ter tido dor de cabeça tamanha a loucura que o Liverpool impunha em campo. Assim como todo time de Klopp, a bola parece ter um feromônio que faz os jogadores brigarem por ela como se não houvesse amanhã.

liverpool comemora
O Liverpool foi recompensado pela sua entrega com uma vitória marcante

Toda a intensidade no começo do jogo não rendeu um gol, mas foram diversas chances que Alphonse Areola teve que impedir. Quando o Liverpool parecia abandonar seu ímpeto, um lindo cruzamento da esquerda encontrou Sturridge livre para cabecear a queima-roupa. 1 A 0 para os mandantes.

O segundo gol veio antes do intervalo: Bernat fez um pênalti infantil e James Millner cobrou seco no canto.

Você deve ter notado que nem toquei no nome de Neymar ou Kylian Mbappé ainda. E faz todo o sentido. O brasileiro teve um posicionamento diferente, buscando mais a bola, flutuando pelo meio e sem conseguir tantos confrontos mano a mano para mostrar sua habilidade. Tudo isso é verdade e foi bastante ressaltado pela nossa imprensa.

O que não foi tão falado é que ele perdeu bolas infantis, errou pelo menos três lançamentos por muito e muitas vezes pecou na recomposição. Ele até pode ter sido posicionado de forma errada, mas sua partida foi ruim porque ele foi mal, não só por ter jogado mais recuado. Mesma coisa dá para dizer de Mbappé.

Apesar de tudo isso, o PSG conseguiu diminuir ainda no primeiro tempo e no segundo, depois de se segurar por uma grande parte, conseguiu aproveitar o claro cansaço dos ingleses para empatar. Neymar pegou a bola, arrancou e em um lance até de sorte, a bola sobrou para Mbappé finalizar com perfeição.

O resultado era completamente injusto. Só que ainda faltavam sete minutos de tempo regulamentar mais acréscimos. E no tempo extra, Firmino, que entrou pouco antes, driblou Marquinhos e fuzilou em tiro cruzado, dando a vitória para os donos da casa.

Foi um belo jogo, de alta qualidade técnica e decidido no fim. Não podemos pedir mais.

Barcelona estreia com três de Messi

Messi Barcelona
Messi precisa provar que ainda tem o necessário para ser o melhor do mundo e fazer o Barcelona conquistar a Europa

Nunca Messi foi tão colocado de lado. Depois de mais uma Copa decepcionante com a Argentina, três títulos de Champions League do Real Madrid e a dominância de Cristiano Ronaldo, parecia que o argentino estava com 38 anos e andando de muleta.

Ontem ele provou que ainda tem muito a dar para o Barcelona. Com a braçadeira de capitão ele liderou o Barça na goleada por 4 a 0 contra o PSV. O primeiro gol, de falta, foi uma pintura. Os outros dois puro oportunismo. Dembele também fez um golaço e mostra que sua segunda temporada tem tudo para ser 100x melhor que a primeira, que foi péssima.

E o Barcelona, na plataforma da Betfair, é o segundo favorito para a conquista do caneco, pagando 7 para 1. O City é o primeiro com 5,5 para 1.

Sobras

Faltando menos de dez minutos para o fim do jogo contra o Tottenham, a Inter de Milão perdia por 1 a 0 em casa em um confronto direto vital por uma vaga nas oitavas. Icardi então fez um golaço e Matias Vecino, de cabeça, virou aos 47 do segundo tempo. A Inter voltou para a Champions de forma triunfal.

Outros jogos: Borussia Dortmund e Atletico de Madrid venceram Brugge e Monaco fora de seus domínios, Estrela Vermelha e Napoli empataram sem gols na Sérvia, Schalke 04 e Porto empataram na Alemanha (1 a 1) e o Galatasaray fez 3 a 0 no Lokomotiv de Moscou.