Não dá para dizer que há uma crise no Arsenal, mas seis pontos atrás do Liverpool, último time que está na zona de classificação para a Uefa Champions League, a equipe de Arsene Wenger precisa dar sinais de vida para não se distanciar do grupo que disputará a principal competição continental da próxima temporada e ter algo com que pensar neste Campeonato Inglês.

Só que a tarefa não será nada fácil: o rival será o Chelsea,  no duelo londrino que acontecerá no Emirates Stadium na próxima quinta. E os Blues também vão ter motivação extra para vencer além de complicar a vida do rival: o Manchester United passou a equipe no número de pontos – 47 a 45 – mas o segundo colocado agora tem um jogo a mais que o terceiro.

O fator crise não é só pelos resultados e pelo fato de nos últimos anos a equipe ver Manchester City e Chelsea dominar o cenário inglês e atualmente Tottenham, Liverpool e Manchester United também apresentarem melhor futebol muitas vezes. O problema é também o investimento de seus rivais, superior ao seu próprio e que faz até jogadores do Arsenal serem especulados em rivais do Campeonato Inglês.

O atacante Alexis Sanchez é um deles. Livre para assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe em breve, o chileno parece ser um dos desejos  de Pep Guardiola, treinador do City. Além da especulação sobre a negociação, a imprensa também explora a má relação do atacante com outros jogadores do Arsenal, que nem se preocupam em comemorar gols de Sanchez.

Alexis Sanchez
Alexis Sanchez pode não jogar pelo Arsenal na próxima temporada, mas seu time ainda depende dele

O alemão Mesut Ozil é outro que tem seu nome envolvido em boatos e com sua melhora no futebol apresentado nas últimas semanas, após um começo ruim de temporada, Ozil pode estar dando seus últimos passes como jogador do Arsenal.

Ou seja, os ânimos na equipe não estão lá muito bons. Enquanto isso no Chelsea, o time vem de quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos e as coisas parecem começar a encaixar. O começo da temporada não foi bom, após ter atropelado todo mundo rumo a uma conquista do Campeonato Inglês sem discussões. Mas apesar de todo o dinheiro que o clube tem e suas boas campanhas nos últimos anos, os Blues também não estão imunes aos boatos do mercado de transferências.

O belga Eden Hazard, um dos principais jogadores da equipe, interessaria ao Real Madrid e o time inglês está correndo para fechar um contrato multimilionário com seu atleta para não perdê-lo.

eden hazard
Hazard é desejado pelo Real Madrid, mas o Chelsea está próximo de acertar novo contrato com o belga

Como habitual, as partidas de fim de ano do Campeonato Inglês são envoltas por todos esses boatos, já que o mercado de janeiro costuma ser bastante movimentado e fazer girar altas somas de dinheiro. Os times que estão na Champions League, especialmente, também querem reforçar seus elencos para disputar cabeça e cabeça na elite europeia contra Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique, entre outros.

Por tudo isso, o jogo do dia 3 entre Arsenal e Chelsea significa muito mais que apenas três pontos na atual edição do Campeonato Inglês. Com o Tottenham, sexto colocado, encostado e com o Liverpool começando a ganhar uma gordura, o Arsenal precisa da vitória para ter um conforto e dar um bom sinal para seus torcedores, além de acalmar os ânimos no vestiário. Já o Chelsea ainda pode ter o direito de sonhar com a conquista da Premier League, apesar do domínio do Manchester City. Mas caso além dos 14 pontos que hoje existe de distância, o Chelsea não fizer sua parte contra o grande rival de cidade, o sonho começa a ser uma utopia basicamente.