As 5 principais transações do mercado de verão na Europa

69
A Juventus decidiu investir 220 milhões de euros para contratar Cristiano Ronaldo e empolgou seus torcedores

Harry Kane no Manchester United. Eden Hazard no Real Madrid. Modric na Internazionale de Milão. A central de boatos não para de trabalhar e vai seguir assim até o começo de setembro, quando o período de transações de todas as principais ligas nacionais da Europa estará fechado.

Porém, algumas das especulações viraram realidade e já provocam mudanças significativas na relação de formas dos maiores clubes do Velho Continente. Veja a seguir o top 5 parcial da movimentação do mercado de transferências.

5. Thomas Lemar

O Atlético de Madrid pode festejar duas grandes contratações nessa janela de transferência de verão na Europa. A primeira foi uma saída que não aconteceu. O francês Antoine Griezmann, decisivo para levar seu país ao título mundial, recusou uma proposta para vestir a camisa do Barcelona e preferiu ficar no primo pobre – mas nem tanto – da capital.

Thomas Lemar
Lemar chega ao Atlético de Madrid valorizado pela conquista da Copa do Mundo da Rússia

Vai ganhar um grande criador de jogadas para sua finalização. O compatriota Lemar, de 22 anos, foi contratado pela equipe de Madrid junto ao Monaco. O clube investiu 60 milhões de euros (cerca de R$ 260 milhões) para poder contar com a revelação.

4. Gonzalo Higuain

O atacante argentino, que foi contratado por 90 milhões de euros (cerca de R$ 390 em valores atualizados) pela Juventus, foi vítima do efeito dominó. Com a contratação de Cristiano Ronaldo para o comando do ataque, tornou-se um reserva caro demais. O segundo movimento nesse drama ficou por conta do zagueiro Bonucci, que deixou a Juve na temporada passada rumo ao Milan. Ele não gostou do que encontrou em Milão e pediu para voltar depois de um ano.

Foi o ponto de partida para as negociações. O contrato é complexo, envolve valores por empréstimos e tem valores estipulados para a contratação definitiva. Por ora, Bonucci está certo na Juve enquanto Higuain vai para o Milan que, de quebra, ainda recebeu de troco o zagueiro Caldara.

Gonzalo Higuain
Sem espaço com a contratação de Cristiano Ronaldo, Gonzalo Higuain (foto) foi mandado para o Milan

Nos livros de contabilidade, a transação aparece na coluna de prejuízo. O Milan desembolsou 18 milhões de euros pelo empréstimo. Se ficar com Higuain, pagará mais 36 milhões. Pouco diante do gasto feito pela Juve para tirá-lo do Napoli. No entanto, na frieza dos números não estão contabilizados os gols marcados pelo argentino que ajudaram a levar o time aos títulos do Campeonato Italiano e da Copa da Itália. Afinal, isso não tem preço.

3. Malcom

Não foram os valores que chamaram a atenção para a transferência do brasileiro Malcom, ex-Corinthians, do Bordeaux para o Barcelona. Os 41 milhões de euros (quase R$ 180 milhões) não são tão significativos diante do gigantismo que cerca o clube da Catalunha. Mas o enredo da transferência foi digno de novela mexicana.

Malcom
O ex-corintiano Malcom fechou com a Roma, mas parou no Barcelona

O clube francês anunciou oficialmente a venda do atleta para a Roma, da Itália. O acordo entre os clubes foi fechado e faltava apenas a assinatura dos papéis. O brasileiro estava de malas prontas – literalmente – para viajar até a capital italiana e se apresentar. Porém, um telefonema fez com que não seguisse para o aeroporto. O Barça entrara na parada.  O time romano até tentou entrar no leilão, mas não tinha tantos recursos contra o clube da Catalunha e perdeu a batalha.

2. Alisson

O goleiro brasileiro Alisson tornou-se o mais caro arqueiro da história do futebol mundial. Para contar com o titular da seleção na Copa do Mundo da Rússia, o Liverpool, da Inglaterra, concordou em indenizar a Roma, que o tinha sob contrato, com aproximadamente 75 milhões de euros (cerca de R$ 330 milhões).

Alisson
O brasileiro Alisson (foto) teve ajuda das falhas de Karius para virar o goleiro mais caro do mundo

Alisson, que fez um mundial discreto, vinha sendo disputado por vários clubes, mas quem realmente o valorizou foi o belga Loris Karius, que era o titular do time inglês na final da Liga dos Campeões da Europa versão 2017/2018 e com suas falhas foi considerado o grande vilão na derrota para o Real Madrid por 3 a 1.

1. Cristiano Ronaldo

Sim, o multiganhador do prêmio de melhor jogador do futebol do planeta encabeça a lista. Ele foi o alvo da mais significativa transferência até agora. Afinal das contas, não é todo dia – na verdade é um fato inédito – que um clube paga 220 milhões de Euros (pouco mais de R$ 950 milhões de reais) por um jogador de 33 anos.

Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo teve recepção de estrela de cinema em Turim

É isso que a Juventus vai gastar para ter o português em seu time pelas próximas quatro temporadas. Só para os cofres do Real Madrid, a Velha Senhora mandou 100 milhões de euros. Os outros 120 milhões serão gastos com os salários de Cristiano Ronaldo nos próximos anos.