Mbappé no Real Madrid? Confira os principais rumores de transferência na Europa

146

Nada como o fim da temporada se aproximando (e uma data FIFA para desacelerar tudo) para jornalistas, torcedores e agentes começarem a ficar inquietos com a perspectiva obrigatória de sempre: quais jogadores devem trocar de time quando a janela de transferência abrir.

Os principais boatos dos gigantes

Vamos cortar a enrolação e ir direto para o que interessa: Neymar. Desde que saiu do Barcelona em busca de um sucesso ainda maior no PSG, o melhor jogador brasileiro da atualidade se viu (e se vê sempre) em meio a rumores diversos de troca de time e de liga. O pai/agente do jogador nega que eles estejam em busca de mudança, mas alguns jornais espanhóis ligam o nome do camisa 10 da Seleção Brasileira com o Real Madrid, principalmente.

Falando em Madrid, o rumor mais recente e milionário do mercado do futebol também envolve os Merengues. Segundo a publicação France Football, o time da capital espanhol estaria disposto a desembolsar nada menos que 280 milhões de euros (pouco mais de 1,2 bilhão de reais) para tirar Mbappé, a sensação do PSG e campeão do mundo com a Seleção Francesa em 2018 de Paris. O Real Madrid se pronunciou ainda ontem (25) negando o boato – mas não é exatamente o tipo de coisa que um clube interessado faz?

vinicius junior
Vinicius Junior é um dos poucos pontos positivos da temporada do Real Madrid, que deve ir com tudo às compras na próxima temporada

Como não pode ser diferente, a gigante italiana Juventus já está dando seus pulinhos no mercado de contratações europeus. Aaron Ramsey (Arsenal) já fechou negócio com os italianos e se apresenta no início da temporada 2019-20, mas até lá a Velha Senhora está afim de trazer ainda mais atletas de peso – não bastasse ter CR7 no elenco.

O nome mais ventilado da vez é o de Paul Pogba, que parece indisposto a renovar seu contrato com o Manchester United – e por isso, os Diabos Vermelhos esperariam vender o francês de 26 anos o mais rápido possível, para que não perca valor de mercado. Os destinos possíveis são, como dito, a Juve, onde o atleta já esteve entre 2012 e 2016 (depois de ser revelado justamente pelo United, aliás) e, como sempre, o Real Madrid, ávido para reforçar seu elenco depois de uma temporada que nem terminou e o torcedor já quer esquecer.

Para terminar o papo envolvendo o Real Madrid, o alvo principal do gigante espanhol tem sido, há várias temporadas, Eden Hazard, ídolo do Chelsea. O meia é o sonho do Real há um bom tempo e boatos dão conta de que o time vai oferecer um caminhão de dinheiro aos Blues de Londres pelo belga. Outro que tem enchido os olhos dos madridistas é David Neres, que recentemente deixou o próprio Madrid a ver navios em pleno Bernabéu pela Champions.

Se estes não vingarem, é provável que o técnico Zidane se volte para outro meia, este em plena ascensão: o brasileiro Felipe Anderson, contratado pelo West Ham nesta temporada junto à Lazio. Se sair, sairá caro, já que o meia de 25 anos está apenas no primeiro ano de contrato com os Hammers – por menos de 300 milhões de reais ele não troca a Inglaterra pela Espanha.

Gente que pode sair de graça ao fim da temporada

O torcedor do Manchester United já pode ir se preparando desde já para ver muitas mudanças no seu time quando a janela de transferências se abrir

Falamos de movimentações milionárias, mas são poucas destas que acontecem em cada temporada. Mais comuns são as trocas de clubes de jogadores cujos contratos chegaram ao fim, e eis aqui alguns cujos vínculos se encerram juntamente com a temporada atual.

Na Inglaterra, o time que mais pode ver gente indo embora é o Manchester United. O veterano Antonio Valencia, chegando aos 34 anos, deve ou pendurar as chuteiras ao fim da temporada, ou procurar outros ares. Ander Herrera, Juan Mata, Matteo Darmian e Andreas Pereira também todos ficam sem contrato a partir de 30 de junho, mesma situação do goleiro De Gea, mas esse é provável ver o United movendo mundos e fundos para segurar em Old Trafford.

Ainda na Inglaterra, quem deve ir embora é o veterano Gary Cahill, zagueiro de 32 anos do Chelsea, e os atacantes Andy Carroll, do West Ham, Danny Welbeck, do Arsenal, Daniel Sturridge, do Liverpool, e Olivier Giroud do Chelsea, todos eles sem espaço nos elencos titulares de seus times há um bom tempo.

Por fim, vale a pena ficar de olho no eterno garoto-problema Mario Balotelli, que se encontrou na França e deu uma revivida na sua carreira, que andava bem morna, através do Nice e agora o Olympique de Marseille. Dois veteraníssimos que também ficam sem contrato, mas devem acabar se aposentando no final da temporada, são Arjen Robben (Bayern de Munique) e Diego Godín (Atlético de Madrid).

Comentários do Facebook