Fase eliminatória da Copa da Rússia começa mais cedo para o Brasil

38
Rojo e Messi
Marco Rojo e Messi fizeram os gols que garantiram a classificação da seleção da Argentina no Mundial

O empate na estreia com a Suíça (1 a 1) fez com que a fase de eliminatória para a seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia. Nesta quarta-feira, 27 de junho, o Brasil tem um jogo de vida ou morte contra a Sérvia. A luta pela classificação para as oitavas de final tem início marcado para 15h (horário de Brasília).

Miranda
O zagueiro Miranda será o capitão da seleção brasileira contra a Sérvia

A situação só não é igual àquela que será encontrada pelas seleções a partida da próxima fase por ter a equipe canarinho a possibilidade de atuar pelo empate. No entanto, caso deseje o primeiro lugar do grupo terá não apenas que vencer, mas se fazer com que a diferença de gols seja a mesma da Suíça, que enfrenta a Costa Rica no mesmo horário e, assim como os brasileiros, acumulou quatro pontos até agora.

Segundo lugar pode ser melhor que ficar no topo da classificação

A questão é que o primeiro lugar talvez não seja a melhor opção nessa chave. Como é real a possibilidade de a Alemanha ficar com a segunda posição no grupo F, isso anteciparia o confronto entre as seleções que eram consideradas as maiores favoritas ao título antes de a bola rolar na Rússia.

Nesse caso, o Brasil tem uma vantagem. Saberá do resultado dos alemães, que jogam a partir das 11h contra a Coreia do Sul, e também da partida entre México x Suécia, no mesmo horário, que vão definir quem vai passar para as oitavas de final do grupo F.

Busca do empate faria time correr alto risco

O problema é que a administração dessa situação, caso seja essa a opção da comissão técnica brasileira, é de alto risco. Se a Suíça estiver vencendo a Costa Rica por um gol de vantagem, para ficar na segunda posição o Brasil terá que empatar com a Sérvia. Porém, se sofrer um gol poderá acabar sendo eliminado.

O cenário mais favorável aos brasileiros para tentar evitar um confronto com a Alemanha caso os germânicos fiquem no segundo lugar de sua chave seria uma vitória da Suíça contra a Costa Rica por dois ou mais gols de diferença. Assim, caso o Brasil conseguisse sair em vantagem contra a Sérvia poderia diminuir o risco na tentativa de segurar o marcador sem ter a classificação ameaçada.

Sem Douglas Costa, Tite é obrigado a dar um passo atrás

A entrada de Douglas Costa foi fundamental para que o Brasil chegasse à vitória contra a Costa Rica, por 2 a 0, na segunda rodada. Havia a possibilidade de que o atleta fosse efetivado entre os titulares. No entanto, uma contusão muscular fez com que fosse vetado para a partida desta quarta-feira.

Willian
Ameaçado de perder a vaga no time, Willian segue como titular depois da contusão de Douglas Costa

Dessa maneira, Tite teve que dar um passo atrás na tentativa de tornar o time mais ofensivo escalando a seleção com a mesma formação dos outros jogos. O Brasil vai jogar com Alisson; Fágner, Thiago Silva, Miranda (que será o capitão) e Marcelo; Casemiro, Paulinho, Willian e Philippe Coutinho; Gabriel Jesus e Neymar.

Argentina consegue classificação suada

Ao menos um confronto entre campeões mundiais está confirmado para as oitavas de final. A Argentina conseguiu sua classificação ao vencer a Nigéria, por 2 a 1, com um gol nos minutos finais do segundo tempo. Dessa maneira, terminou como segunda colocada do grupo D. Vai pegar a França, que empatou com a Dinamarca e confirmou a primeira posição do grupo C.

Lionel Messi
Lionel Messi fez contra a Nigéria seu primeiro gol na Copa do Mundo

A segunda vaga do grupo francês ficou com os dinamarqueses, que agora terão pela frente a seleção da Croácia, que derrotou a Islândia, por 2 a 1, nesta terça-feira completando sua participação na liderança do grupo D com aproveitamento de 100%.