Neymar fica a um gol de superar último brasileiro a vencer prêmio de melhor do mundo

13
Neymar
Neymar marcou três vezes contra o Estrela Vermelha e igualou recorde de Kaká

Ao assinalar três gols, sendo dois deles em cobranças de falta, na vitória do Paris Saint-Germain, em casa, por 6 a 1, contra o Estrela Vermelha, da Sérvia, Neymar ficou a um tento de superar Kaká e se tornar o brasileiro com maior número de gols marcados na Liga dos Campeões da Europa.

Agora, ambos dividem essa marca com 30 bolas colocadas na rede dos adversários. Kaká, agora aposentado, nunca foi atacante. Porém, alcançou um objetivo perseguido por Neymar. Ganhou o prêmio de melhor jogador do mundo concedido pela Fifa (Federação Internacional de Futebol). Levou o troféu em 2007. Foi o último brazuca a receber a condecoração.

Olha eu aí, zebra

Os dias para que a marca seja superada estão contados. Só na fase de grupos, Neymar terá mais quatro oportunidades para fazer isso. A próxima será no próximo dia 24 quando o PSG vai receber o Napoli em partida pela terceira rodada do grupo C.

Insigne
Insigne marcou o tento da vitória do Napoli deixando Liverpool e PSG para trás

Os napolitanos podem ser considerados a maior zebra dessas duas primeiras rodadas da Uefa Champions League. Na quarta-feira, 3 de outubro, derrotaram no estádio San Paolo, em Nápoles, o Liverpool, por 1 a 0, assumindo a liderança do grupo C, aquele em que Liverpool e PSG eram considerados como grandes favoritos nas casas de apostas.

Depois de ficarem no empate sem gols com os sérvios, os napolitanos chegaram aos quatro pontos deixando franceses e ingleses para trás com três.

Corra que o Messi vem aí

Quem também deixou sua marca na quarta-feira foi o argentino Lionel Messi. Ele fez dois gols na vitória do Barcelona, por 4 a 2, sobre o Tottenham, em Londres.

Com isso, alcançou a marca de 115 gols em suas participações na Liga dos Campeões da Europa reduzindo ainda mais sua diferença na comparação com o português Cristiano Ronaldo, que com 125 tentos é o maior artilheiro da história do torneio.

Messi
Messi marcou dois contra o Tottenham e lidera a artilharia da temporada 2018/2019 da UCL com cinco gols

Para isso, contou com uma pequena ajuda. CR7 ficou de fora da segunda rodada. Por ter sido expulso no jogo em que a Juventus bateu o Valencia, por 2 a 0, na Espanha, teve que assistir das tribunas o show de outro argentino, Paolo Dybala, na vitória, por 3 a 0, da Velha Senhora, sobre o Young Boys, na primeira parte da jornada de número 2 da UCL.

Inter vira, vira, virou

A surpreendente campanha do Napoli não é, contudo, capaz de ofuscar o desempenho de outra equipe italiana. Depois de promover uma virada, em casa, nos minutos finais do segundo tempo contra o Tottenham na jornada inicial, a Internazionale repetiu a dose.

Dessa vez, a façanha foi feita como visitante diante do PSV, em Eindhoven. Com a repetição do 2 a 1, o time milanês divide a liderança do grupo B com o Barcelona com aproveitamento de 100%.

O mesmo acontece no grupo A. O Borussia Dortmund bateu o Monaco por 3 a 0, em casa, chegando aos seis pontos. O mesmo fez o Atlético de Madrid, que fez 3 a 1 no Brugge. Nesse caso, nenhuma surpresa.

Na chave D, considerada a mais equilibrada, o Porto marcou 1 a 0 no Galatasaray, em casa, e o Schalke, com um gol nos segundos finais, fez 1 a 0 no Lokomotiv, em Moscou. Dividem a liderança com quatro pontos.

City é grande decepção das rodadas iniciais

Na chave E, a disputa pela liderança entre Bayern e Ajax, em Munique, ficou no 1 a 1. Assim, os times seguem na ponta com quatro pontos. No outro jogo da chave, o Benfica, como visitante, bateu o AEK por 3 a 2 e chegou a três pontos deixando os gregos zerados na lanterna.

A grande decepção das rodadas iniciais da Liga dos Campeões ficou por conta do Manchester City, que depois de perder para o Lyon, em casa, por 2 a 1, até conseguiu vencer.

Passou, de virada, pelo Hoffenheim, na Alemanha, por 2 a 1. Mas sem jogar bem. Está em segundo lugar da chave que tem os franceses que, em casa, ficaram no 2 a 2 com o Shakthar, na ponta. O time continua como favorito na Betfair para a conquista, pagando 6 para 1. Mas agora o Barcelona vale o mesmo para os apostadores.

Outra decepção foi o Real Madrid, que perdeu por 1 a 0 para o CSKA, que ficou na segunda colocação do grupo G, atrás dos russos. A Roma, que perdera para os espanhóis na estreia, reagiu goleando os checos do Plzen por 5 a 0.

No grupo H, que teve a vitória da Juve sobre o Young Boys, o Manchester United não conseguiu superar a defesa do Valencia e teve que se contentar com o 0 a 0.

Comentários do Facebook