Os 5 melhores times brasileiros entrando em agosto

50
flamengo são paulo

O título do post já abre espaço para a polêmica e listas sempre tem a sua dose de discórdia reservada. Como já está claro, vamos escolher os cinco melhores times brasileiros entrando em agosto.

O oitavo mês do ano será um inferno para alguns clubes nacionais por causa do calendário completamente maluco. Os times da Libertadores vão ter que se virar para jogar o Brasileiro e a maioria deles ainda disputa a Copa do Brasil. O São Paulo, fora da Copa do Brasil e que nem se classificou para a Libertadores, não terá esse problema.

Mas isso não será levado em conta aqui. A ideia deste post é colocar os times em campo para uma partida e decifrar quem está melhor baseado no futebol praticado nessa volta pós-Copa, talento dos jogadores e treinadores e bola. Não quem irá ganhar a Libertadores ou o Brasileiro ou quem tem mais potencial.

Dito tudo isso, vamos aos times.

5. Corinthians

Sim, começamos polêmicos já. Aqui fiquei em dúvida entre Palmeiras e Corinthians, os arquirrivais da cidade de São Paulo. Depois de levar 3 do São Paulo e perder quatro titulares vendidos, parecia que o Timão simplesmente torceria para o Natal chegar logo.

Eis que Romero começa a jogar como centroavante, Jadson mostra seu melhor futebol e aqui estamos de novo com o Corinthians, um time eficiente que venceu o badalado Cruzeiro e enfiou 4 no Vasco. O Palmeiras tem mais peças, sem dúvidas, mas não sabemos como vai jogar com Felipão e o futebol apresentado até agora no ano é decepcionante.

Por potencial, o Palmeiras pode até ficar à frente e ganhar mais títulos, mas como disse acima, a lista é entrando em agosto. Hoje o Corinthians está jogando melhor.

4. Cruzeiro

Poucos posts atrás eu disse que o Cruzeiro era o melhor time do Brasil, ou pelo menos deveria ser considerado na discussão. Duas derrotas para times paulistas mostraram que talvez tenha zicado a equipe.

O time de Mano Menezes ainda é muito bom, não se engane. Mas o 2 a 0 sofrido contra o Corinthians e o 2 a 0 no Mineirão para o São Paulo foram preocupantes. Ainda não sabemos se Barcos conseguirá suprir a falta que Fred obviamente faz, Thiago Neves não vem jogando tão bem e Edilson foi bastante vaiado no domingo.

Não, não mudei de opinião completamente. O trio Neves – De Arrascaeta – Robinho faz frente ao do Flamengo e pode decidir qualquer jogo. Mas o Cruzeiro poderia estar acima nesta lista, sem dúvidas, se não fossem esses dois jogos. O time precisa mostrar que está pronto para o grande palco. Grandes jogos não faltarão em agosto.

3. Flamengo

Admito que cheguei a escrever São Paulo na 3ª posição, mas mudei para Flamengo na última hora. O Flamengo tem mais talento que o tricolor paulista, mas parece que nunca veremos um jogo solto de Diego, Paquetá e Everton Ribeiro ao mesmo tempo. Esse trio deveria dominar meio-campos adversários e assim controlar jogos. Mas seguidas vezes isso não acontece, mais recentemente na derrota para o São Paulo e o empate contra um enfraquecido Santos.

Como argumentei neste texto, a defesa do Flamengo permite que o time possa se dar ao luxo de não preencher todo seu potencial na frente. Vitinho chega para ser a faísca, mas ainda ficará a dúvida de quem será o 9 já que Paolo Guerrero não parece que vai ficar e Henrique Dourado ainda não jogou bem com o uniforme rubro-negro.

É um time forte, líder do Brasileirão, mas poderia ser mais. Por isso não posso colocar ele à frente dos dois a seguir.

2. São Paulo

Depois da eliminação na Copa do Brasil e mais uma decepção no Paulista, o ano parecia ruim para o São Paulo, que demitiu Dorival Junior. Entrando em agosto, com Diego Aguirre no comando, Diego Souza, Nenê e Everton sendo muito eficientes e a segunda posição no Brasileirão, o São Paulo merece este status.

Não há como não se empolgar com as vitórias contra Flamengo, Corinthians e Cruzeiro, duas delas fora de casa. Aliás, nessa sequência, o time saiu na frente contra o Grêmio também. A equipe paulista não é de trocar passes, só que sabe jogar de forma vertical e é excelente finalizando. A fase é boa, o time é bem treinado e o time está superando desafios, não só adversários bons mas também desfalques. E, vale salientar, como estamos falando de times entrando em agosto, merece esta posição.

1. Grêmio

Eu sei que vai ter reclamação. O time gaúcho perdeu para o Vasco jogando muito mal e algumas vezes parece pouco inspirado no ataque ou até desinteressado. Mas o Grêmio continua sendo o melhor time do Brasil e provou isso contra o São Paulo.

Atrás no placar, a equipe martelou, martelou e virou com dois gols de Everton, que combina velocidade, habilidade e um bom chute. Luan não está tão bem como no fim de 2017, mas pode ser um fator de desequilíbrio a qualquer momento. Pedro Geromel é o melhor zagueiro do Brasil e Marcelo Grohe um dos melhores goleiros. E Renato Gaúcho conhece seu elenco, tem a moral de puxar as orelhas dos campeões da América publicamente (como fez após a derrota para o Vasco) e se arrisca em um país onde os treinadores parecem só querer jogar no contra-ataque.

O Grêmio ainda é o melhor time do país, sendo o que melhor combina resultados recentes, talento e bola em campo. Cabe aos outros destronar o atual campeão da Libertadores.