Alemanha vence de forma heroica e pode encarar Brasil nas oitavas

27
kroos alemanha

Foi difícil não comemorar o gol de Toni Kroos no fim, que deu a vitória para a Alemanha contra a Suécia e basicamente uma segunda vida para os atuais campeões na Copa do Mundo de 2018. O problema é que esse gol deixou o confronto Brasil x Alemanha já nas oitavas muito mais próximo de acontecer.

Tudo bem, não vou me apressar, vamos ao jogo de Socchi.

Suécia foi bem; Alemanha venceu mesmo assim

Depois que o México venceu a Coréia do Sul por 2 a 0, a chance do grupo embolar tinha acabado e mais do que nunca a Alemanha precisava vencer a Suécia, se não seria eliminada. Um empate não seria o fim da trajetória, mas quase.

A Alemanha começou atacando, mas em um erro de passe de Toni Kroos, a Suécia aproveitou e fez 1 a 0, deixando o mundo do futebol em choque. E a sequência de golpes continuou, literalmente: Sebastian Rudy teve seu nariz quebrado, de forma involuntária por Granqvist e saiu sangrando de campo.

O segundo tempo prometia ser ataque contra defesa, mas logo aos dois minutos Marco Reus empatou a partida e fez a tarefa inglória dos germânicos ser um pouco mais fácil.

Porém a Suécia não só conseguiu se fechar perfeitamente como ainda conseguia escapadas. Em uma delas o zagueiro Boateng fez falta dura e foi expulso.

Mesmo assim o treinador Joachim Löw colocou Brand no lugar do lateral Hector e o bombardeio começou: Mario Gomez cabeceou na pequena área para grande defesa de Olsen. Brandt em uma bomba acertou a trave. E aos 49 do segundo tempo, em uma falta na lateral da área, Kroos rolou para Reus, que parou a bola e com efeito, o meia do Real Madrid colocou em um lugar que Olsen não conseguiu reação.

Com um menos e todo o drama do mundo, Kroos deu os três pontos à Alemanha, que agora está em segundo no grupo. E nessa chave pode acontecer de tudo, até o México ficar de fora ou a Coreia do Sul entrar.

Na última rodada a Suécia encara os latinos enquanto os alemães enfrentam os asiáticos. Se o mais lógico acontecer na última rodada, que é uma vitória ou empate do México, uma vitória da Alemanha e um triunfo do Brasil contra a Sérvia, teremos Brasil e Alemanha nas oitavas.

Uma das grandes resoluções do sorteio para a Copa era que Brasil e Alemanha só se encontrariam na Final porque deviam confirmar suas posições no topo do Grupo. As coisas mudam. E podem mudar de novo na quarta-feira, quando os jogos decisivos dos dois grupos acontecem.

Bélgica mostra força

Hazard Lukaku Belgica
Hazard e Lukaku fizeram a festa contra a Tunísia

A Copa de 2018 com certeza não é a Copa dos gols. Mas a Bélgica e a Rússia são duas exceções. Querendo provar ao mundo que estão no primeiro pelotão, os belgas enfiaram cinco na Tunísia e poderia ter sido mais. Romelu Lukaku e Eden Hazard fizeram dois cada.

O grupo está bem desenhado, com a Bélgica praticamente classificada e a Inglaterra precisando de uma vitória contra o Panamá para fazer o mesmo.

Já o Grupo H tem chances de embolar. Japão e Senegal, vitoriosos na primeira rodada, se enfrentam. Polônia e Colômbia, que deveriam ser as duas forças do grupo, fazem o outro jogo. Esta chave era para ser a menos empolgante pela seleções envolvidas. Mas por causa do nivelamento, ela pode gerar uma bela emoção na rodada final da fase de grupos.