Voltada para os fãs do futebol em todo o mundo, LaLiga disparou uma série de comerciais dizendo que na Espanha não se pratica futebol. O espetáculo vai muito além. Excelente jogada de marketing para valorizar um torneio que tem grau de competitividade relativamente baixo. Foca menos na disputa e mais nos astros. Até porque Lionel Messi (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid) têm se alternado na conquista dos prêmios de melhor do mundo na última década.

Se o Campeonato Espanhol se caracterizou por ser a ‘Liga das Estrelas’, a Premier League tem a competitividade como sua marca.  Embora seja cercada de ações de marketing e contratos milionários, a cada rodada os seis principais clubes têm que suar, e muito, para superar as equipes de menor investimento. Afinal, a distância técnica e financeira acaba sendo melhor que em LaLiga. Isso faz com que o Campeonato Inglês apresente um futebol de alta qualidade.

Conheça a seguir os 5 melhores jogadores da Premier League em sua temporada 2017/2018. Muito provavelmente nenhum deles estará na viciada lista de melhores da Fifa (Federação Internacional de Futebol), estagnada no binômio Messi-Cristiano Ronaldo e que parece ganhar um terceiro astro com Neymar. Estrelas de imensa grandeza, mas que têm suas atuações impulsionadas por uma cobertura menos técnica e muito mais próxima do acompanhamento de celebridades.

5. N´Golo Kanté

O volante do Chelsea ganhou o prêmio de melhor jogador da Premier League na temporada passada. Contratato junto ao Leicester depois de ser um dos destaques da fabulosa conquista do Campeonato Inglês pelo minúsculo time comandando pelo italiano Claudio Ranieri, o atleta dá a impressão de ser um super-herói que tem como poder a multiplicação.

Kanté ganhou foi considerado o melhor jogador da Premier League na temporada passada e mantém seu alto nível de atuações na atual

N´Golo Kanté, de 26 anos, aparece em todas as partes do campo, antecipa-se aos adversários e corta as jogadas. De quebra, ainda é importante no início dos contra-ataques. Se o dicionário ilustrado precisar de uma foto para explicar o que é um volante moderno, ela tem que ser do francês do Chelsea.

4. Paul Pogba

Também francês e volante, Paul Pogba, 23 de anos, é um exemplo de recuperação. Quando jovem, foi dispensado pelo Manchester United. O clube não conseguiu ver seu potencial. Anos mais tarde, teve que escancarar seus cofres para contratar novamente o jogador, que por um período foi o atleta mais caro da história. Essa pecha acabou prejudicando um pouco seu desenvolvimento. Cobrava-se dele muito mais do que poderia se esperar.

Aliviado pelo fato de ter deixado de ser o jogador mais caro do mundo, Pogba parece estar no melhor momento de sua carreira

O inflacionado mercado da bola resolveu esse problema. Outros atletas foram negociados por valores maiores que o de Pogba. Isso tirou um peso das costas do meio-campista do Manchester United, que tem brilhado com suas assistências geralmente fruto de um raciocínio ágil e excelente visão do posicionamento de seus companheiros.

3. Mohamed Salah

O meio-campista e atacante egípcio Mohamed Salah surpreendeu. Foi contratado pelo Liverpool como coadjuvante e virou protagonista. Assumiu o papel de criador de uma série de jogadas em velocidade e mostrou como nunca seu talento como finalizador. Em pouco mais da metade da temporada 2017/2018 da Premier League já assinalou mais tentos do que obteve na Roma, seu clube anterior.

Salah fez com que a torcida do Liverpool nem se importasse tanto com a saída do brasileiro Philippe Coutinho, vendido para o Barcelona

Mostrando maturidade aos 25 anos, o jogador não brilhou apenas no Campeonato Inglês. Foi o condutor da campanha que levou o Egito à classificação para a Copa do Mundo da Rússia.

2. Harry Kane

Quem foi o maior artilheiro do futebol mundial em 2017 ? Lionel Messi ou Cristiano Ronaldo? Nem um, nem outro. Coube ao centroavante do Tottenham ostentar a chuteira de ouro no ano passado. Balançou as redes 56 vezes ao longo do ano – o que inclui o final da temporada 2016/2017 e o começo da 2017/2018.

Harry Kane foi o maior artilheiro em 2017 e superou um recorde histórico da Premier League

Não foi o único número expressivo obtido pelo centroavante de 24 anos. Ele se tornou o maior goleador da Premier League em um só ano. Com 39 tentos na competição, superou uma marca de Allan Shearer, que durava 22 anos.

1. Kevin de Bruyne

Mau gosto não se discute, se lamenta. Indicar qualquer outro jogador do planeta que venha fazendo uma temporada superior ao meio-campista Kevin de Bruyne, do Manchester City, só pode ser atribuída à falta de entendimento de futebol ou então à ignorância. Só quem não vê o belga de 26 anos atuar pode chegar a uma conclusão desastrada como essa.

Discreto, De Bruyne é o melhor da Premier League e do mundo na temporada 2017/2018

De certa forma, isso pode ser atribuído ao estilo discreto de De Bruyne, tanto dentro como fora das quatro linhas. Seus passes precisos e gols importantes, ainda que não em grande número, ficam escondidos através de sua imensa timidez ao tratar com a mídia e os fãs. Nesse quesito, perde feito para Neymar e Cristiano Ronaldo, por exemplo, amantes dos holofotes.