Começa a temporada 2019 no Brasil: os campeonatos estaduais

442
mineirão estadio

Dizem que é nos campeonatos estaduais que reside o verdadeiro espírito do futebol brasileiro, torneios nos quais jogos de grande rivalidade são garantidos e momentos de êxtase, emoção e euforia são não apenas possíveis, mas quase rotineiros. Nosso objetivo aqui é dar uma olhada por cima nos campeonatos mais relevantes espalhados pelo país e falar um pouco dos times principais que competirão neles. Vamos lá?

Campeonato Paulista

Ao lado do Campeonato Carioca, o Paulistão é provavelmente o torneio estadual de maior tradição – afinal, é o mais antigo, tem sido realizado desde 1902, quando o próprio Charles Miller jogava pelas terras bandeirantes. É aqui que vamos começar nosso papo.

O atual campeão é o Corinthians, que embora já tivesse começado a ser desmanchado, conseguiu derrotar o arquirrival Palmeiras em dois jogos pra lá de polêmicos e que vão permanecer na cabeça do torcedor dos dois times por muito tempo, para bem ou para mal.

O Timão pode estar um pouco mais confiante agora do que quando terminou a temporada passada, mas é difícil saber o que esperar do clube alvinegro para este ano. Fabio Carille está de volta e nomes como Sornoza, Ramiro e Boselli e começaram a chegar para reforçar o elenco corintiano. Falta ver se eles vão tirar o time do Parque São Jorge da tristeza que foi o resto de 2018.

São Paulo
O Corinthians levou a melhor sobre o arquirrival Palmeiras numa final na qual o futebol acabou ofuscado pelas polêmicas da arbitragem

O Palmeiras também está de olho no troféu, que escapou por um triz no ano passado. Com toda a polêmica envolvendo a final, problemas com a arbitragem, VAR e tudo mais, o Alviverde chegou inclusive a ameaçar ficar de fora da competição estadual de 2019. Seja lá o que tenha rolado nos bastidores entre os cartolas palestrinos e da FPF, o atual campeão brasileiro está na cabeça de chave do grupo B e vai tentar conquistar o título, que não fatura desde 2008.

Falando o português claro: o Palmeiras é o time a ser temido em 2019, da mesma maneira que foi no ano passado. Uma administração financeira exemplar e a parceira de sucesso extremo com a Crefisa tornaram o Verdão uma máquina de fazer bons negócios e, consequentemente, um time com o elenco recheado de ótimos atletas, entre eles os recém-chegados Ricardo Goulart e Zé Rafael, além de manter a base do time que encantou os olhos do torcedor no Brasileirão 2018.

Quem teve uma temporada de 2018 um tanto decepcionante foi o São Paulo, que chegou a liderar o Brasileirão por várias rodadas e terminou num amargo quinto lugar. No Paulista, a campanha do Tricolor chegou ao fim pelas mãos do rival Corinthians nas semifinais e impediu o clube de acabar com o jejum de 14 anos.

Para tentar uma campanha melhor do que a que deixou o torcedor são paulino tão desapontado no ano passado, o clube já começou suas movimentações no mercado trazendo o ídolo Hernanes, Pablo e outros cinco reforços (até agora). Em compensação, gente importante como Rodrigo Caio e Tréllez já deixaram o Morumbi pra trás. Resta ver o que o técnico Jardine vai fazer com suas peças dentro e fora de campo.

Por fim, fechando os quatro grandes do estado, o Santos e seu mais novo treinador Jorge Sampaoli talvez tenham mais preocupações do que esperanças até o momento. O Peixe fez um Brasileirão apagado, terminando na insossa 10ª posição. No Campeonato Paulista, o Alvinegro Praiano foi eliminado pelo Palmeiras nas semifinais. Boa parte do elenco do time da Vila Belmiro de 2018 não está mais no clube. Quem chega por enquanto, além do técnico Sampaoli, é o jovem meia venezuelano Yeferson Soteldo de 21 anos. É pouco para quem quer ganhar troféus.

Campeonato Carioca

A vida dos times cariocas não tem sido muito fácil nos campeonatos nacionais recentes (com exceção do Flamengo). Começar a temporada bem, garantindo o título do tradicionalíssimo estadual, disputado desde 1906, é uma ótima maneira de dar moral para jogadores e torcedores antes de as outras competições começarem.

O atual campeão carioca é o Botafogo, que no ano passado venceu o Vasco da Gama nos pênaltis e levantou seu primeiro troféu estadual desde 2013. No Brasileirão passado, o Fogão fez uma campanha mediana, dentro dos seus limites, e terminou numa tranquila 9ª posição.

Para 2019, o Botafogo não entrou na janela de transferências exatamente para impressionar, tendo perdido o goleiro ídolo Jefferson (aposentado) e seus dois principais jogadores da temporada passada, Igor Rabello e Matheus Fernandes. Em questão de reforços, nenhum nome grande chegou ao clube da Estrela Solitária, tirando talvez o experiente goleiro Diego Cavalieri, que estava encostado no Crystal Palace (ING) e veio de graça.

Botafogo x Palmeiras
O Botafogo levou o título carioca em 2018 em cima do Vasco, numa final tida como improvável pelo mau momento de ambos os times no quadro geral

Com o perdão da piada pronta, falemos agora do atual vice-campeão, Vasco. Depois de lutar até as últimas rodadas contra o rebaixamento no Brasileiro, o Cruz-Maltino entrou com força no mercado e é o clube que mais fechou negócios por enquanto. São simplesmente nove reforços até agora, entre eles Fellipe Bastos e Bruno César. É a tentativa do Gigante da Colina para tentar dar um pouco de alegria para seu torcedor, que praticamente só conhece dor e sofrimento na última década.

Outro clube do Rio de Janeiro que decepcionou um pouco no ano passado foi o Fluminense, que amargou um 12º lugar no Brasileirão e teve que se conformar com a Taça Rio como único prêmio de consolação em 2018. Título do Campeonato Carioca que é bom o Flu não vence desde 2012 – o maior tabu entre os quatro grandes do Rio.

Para tentar fazer uma temporada melhor, o Tricolor das Laranjeiras começou contratando oito jogadores e um novo técnico. Resta ver se essa reformulação tão grande vai dar resultados já no estadual em 2019.

Por fim, o todo-poderoso Flamengo quer entrar nos dois turnos para ganhar, e é por isso que chegou dando voadora com os dois pés no mercado da bola. As contratações do Urubu são de nomes grandes e cirúrgicos: Rodrigo Caio para a zaga, Arrascaeta para o meio-campo e Gabigol para o ataque. Além disso, o Mengão está atrás de mais gente importante, entre eles Luan (Grêmio) e Miranda (Inter de Milão). Tudo para conseguir sair da incômoda fila de 10 anos sem títulos no Brasileirão, e começar a temporada ganhando o Carioca seria um início fantástico.

Campeonato Mineiro

Em Minas Gerais, o atual campeão é o Cruzeiro, que também conquistou a Copa do Brasil em 2018 e deixou o torcedor feliz da vida. De brinde, veio um honroso oitavo lugar no Brasileirão só para fazer bonito, já que a vaga na Libertadores estava garantida. O começo de 2019 da Raposa não foi dos melhores, já que Arrascaeta foi vendido ao Flamengo (por um preço recorde). Como consolo, Thiago Neves renovou contrato e o Cruzeiro ainda está atrás de alguns atletas para chamar de seu.

Cruzeiro comemora
O 37º título mineiro do Cruzeiro veio em cima do eterno rival Atlético-MG depois de dois jogos duríssimos na final de 2018

O Atlético-MG, por sua vez, poderia ter feito coisa melhor no último Brasileirão, no qual não conseguiu ir além da 6ª posição, apenas o suficiente para entrar na pré-Libertadores. A ideia do treinador Levir Culpi é remontar o elenco, que estava meio bagunçado, e para isso começou trazendo de volta o ídolo Réver, campeão da Libertadores com o Galo em 2013. Igor Rabello também é um ótimo nome que chega a Belo Horizonte.

Campeonato Gaúcho

Atualmente, a taça do Gauchão pertence ao Grêmio, que levou a melhor sobre o Brasil de Pelotas na final de 2018. Perseguidor do Palmeiras em boa parte do Brasileirão do ano passado, o Grêmio quer manter sua coroa estadual intacta, principalmente levando em conta o renascimento do maior rival Internacional no ano passado.

A temporada do Tricolor do Sul começou com as chegadas de Walter Montoya, Júlio César, Rômulo e Felipe Vizeu. Por outro lado, gente importante foi embora, entre eles Marcelo Grohe e Ramiro. O meia Douglas também saiu. Cabe ao Imortal provar para o torcedor que tem um time competitivo desde já, e ir longe no estadual é uma ótima maneira de fazer isso.

gremio comemora
Embora a eliminação sofrida na Libertadores, o ano de 2018 do Grêmio não foi ruim, levando em consideração o Brasileirão e o título gaúcho

Mudando de azul, branco e preto para vermelho e branco, o Internacional e seu torcedor não têm do que reclamar. Vir direto da série B em 2017 para ficar com uma fantástica terceira posição no Campeonato Brasileiro de 2018 é um feito digno de aplausos, mas não foi só isso: o Inter parece ter se reinventado, disputando o título de igual para igual com os poderosíssimos Palmeiras e Flamengo.

Se quiser continuar impressionando, o Colorado precisa provar seu valor no Gauchão, que não vence desde 2016 (quando era hexacampeão consecutivo). O filho pródigo Rafael Sóbis está de volta e fará companhia aos recém-chegados Neilton e Lindoso. De nomes grandes, foram embora Réver e Leandro Damião, mas talvez chegue mais gente para compor o elenco do Inter.

Outros estaduais para ficar de olho

No Paraná, vale a pena observar o despenho do Athletico-PR, atual campeão da Copa Sul-Americana e único representante do estado na série A, já que o Paraná foi rebaixado e o Coritiba continua na Segundona há uns anos. O Furacão vem forte para 2019.

Em Santa Catarina, os favoritos ao título do estadual de 2019 são a Chapecoense e o Avaí (que subiu de maneira dramática para a primeira divisão na última rodada da Série B). O atual campeão estadual Figueirense também pode dar trabalho, mesmo não estando na elite do futebol brasileiro.

No Nordeste, defender o atual título do Campeonato Alagoano é obrigação do mais novo estreante na Série A do Brasileiro, o CSA. Na Bahia, o time homônimo é o atual campeão, representante do estado no Brasileirão Série A e forte candidato ao bicampeonato. No Ceará, por fim, a disputa promete ser acirrada entre os eternos rivais Ceará e Fortaleza, ambos agora na primeira divisão nacional e que dividem os troféus de todos os campeonatos estaduais desde 1996.

Por fim, menção honrosa também ao Goiás, que subiu para a primeira divisão do Brasileiro e ganhou todas as edições do estadual de 2015 para cá. Nenhuma surpresa se o quinto título consecutivo vier para o Esmeraldino em 2019.

Comentários do Facebook