Liverpool, Manchester City e os jogos decisivos que restam no Campeonato Inglês

43

No último final de semana acabou a 30ª rodada da Premier League. Restam apenas oito jogos para cada time antes de a temporada chegar ao fim, e nessa reta final já ficou bem claro que apenas dois desses clubes são concorrentes reais ao título: Manchester City e Liverpool.

Logo abaixo desses dois, uma briga imprevisível e emocionante envolvendo quatro clubes e duas vagas para a próxima Liga dos Campeões é garantia de emoção até o último instante do último jogo. Tottenham, Arsenal, Manchester United e Chelsea têm que suar a camisa se quiserem participar de Champions em 2019-20.

Os desafios que aguardam Citizens e Reds

liverpool
Salah e seus companheiros de time são donos da melhor defesa do campeonato, enquanto que o City, atual líder, tem o melhor ataque

Nessa altura do campeonato, as tabelas de Liverpool e City são bastante parecidas, levando em conta que ambos enfrentam não só adversários do Top 6 da Premier League duas vezes antes de o campeonato terminar, como os dois também pegam ainda os três últimos colocados: Huddersfield Town (20º), Fulham (19º) e Cardiff (18º).

Os dois grandes desafios do Manchester City são os jogos contra Tottenham e Manchester United. Os Spurs visitam os Citizens em Manchester, e o time londrino tem uma campanha melhor jogando fora de casa do que dentro, então é sinal amarelo para os atuais líderes. Já é quase impossível imaginar o Tottenham alcançando o troféu este ano, mas Harry Kane & companhia estão loucos para terminar pelo menos na terceira posição e chegar na Champions.

O Manchester United, por sua vez, não apenas tem uma vantagem histórica contra o rival local, como joga no Old Trafford, a fortaleza de Solskjaer. De bônus, é certeza que o time do lado vermelho da cidade vai entrar em campo com sangue nos olhos, uma vez que os Diabos Vermelhos não vencem o derby em sua casa desde a temporada 2014-15.

Para o Liverpool, quem também espera como adversário é o Tottenham, que foi derrotado pelos Reds em Wembley no primeiro turno. A força que o time da cidade dos Beatles tem demonstrado em suas últimas partidas é impressionante, então os Spurs podem se preparar para chumbo grosso em Anfield. Aliás, esse jogo acontece ainda em março e já está disponível para se fazer apostas em Betfair. As odds estão em 5 para 1 se o Tottenham vencer fora de casa por qualquer placar. Vitória do Liverpool por 3×0 ou 3×1, bem como empate em 0x0, pagam todos ótimos 10 para 1.

Por fim, o time de Klopp enfrenta também em casa o Chelsea, duelo este que tende a ser mais sossegado para os Reds – a fase dos azuis de Londres não é nada boa e, aparentemente, aquele time com o qual o Liverpool ficou num 1×1 dramático em Stamford Bridge parece estar no passado. Vencer o Chelsea é o primeiro passo para o Liverpool mostrar ao City que a disputa pelo título é realmente séria e que os Reds são um time a ser temido.

A disputa pela Liga dos Campeões

Apenas quatro pontinhos separam o Tottenham, terceiro colocado, do sexto, Chelsea. Entre eles, ainda estão Arsenal e Manchester United

Enquanto Manchester City e Liverpool brigam ponto a ponto pela taça da Premier League, quarto concorrentes logo abaixo também disputam com fúria até jokempô, só que valendo as posições que dão acesso à UEFA Champions League. Eles são Tottenham, Arsenal, Manchester United e Chelsea.

O mais sossegado desse pelotão é o Arsenal, atual quarto colocado, justamente porque superou um dos rivais diretos nessa briga na última rodada – vitória de 2×0 sobre o United no Emirates Stadium. Os Gunners terminaram seus compromissos contra o Big 6 e agora só pegam adversário mais sossegados – alguma complicação, apenas talvez contra Wolverhampton, Everton e Leicester, todos fora de casa.

Falando em Manchester United, agora que Solskjaer sofreu sua primeira derrota no campeonato, o time se viu obrigado a ficar com o pé mais no chão. Aguardam os Red Devils o derby contra o Manchester City, como já dissemos, e, na rodada seguinte, o Chelsea. Ambos os jogos acontecem em Old Trafford, um caldeirão intimidador a qualquer hora, e os vermelhos de Manchester devem (e vão) usar isso a seu favor.

Voltando para Londres, o Tottenham viu seu sonho de título murchar e morrer nos últimos meses, mas isso não quer dizer que os Spurs sejam cachorro morto para ser chutado por todos. Terceiro colocado na tabela, o time de Pochettino enfrenta com certeza a tabela mais cruel dos quatro, já que ainda pega simplesmente os dois líderes – primeiro o Liverpool em Anfield, depois o City em Londres. Se não perder muitos pontos aí, os Spurs com certeza garantem mais um ano de Liga dos Campeões para si.

Por fim, o time em situação mais complicada do pelotão de cima é o Chelsea, atual sexto colocado – e é muito bom lembrar que os Blues têm um jogo a menos do que todos os outros acima na tabela. O time londrino tem pela frente o Liverpool no Anfield e o Manchester United em Old Trafford – ou seja, dois adversários duríssimos, e fora de casa.

O desempenho recente dos Blues tem sido instável e imprevisível, o que pode complicar contra adversários letais e consistentes como os que eles vão enfrentar. Maurizio Sarri precisa provar que é capaz de, no mínimo, garantir a vaga na Champions se quiser entrar na próxima temporada empregado – e olha lá. Sabemos bem como são os níveis de cobrança no Chelsea, não?

Comentários do Facebook